Globo Rural completa 40 anos como fenômeno de Ibope e querido por agricultores

Globo Rural comemora 40 anos neste mês de janeiro

Nelson Araújo e Helen Martins no Globo Rural: programa completa 40 anos no ar vivendo um de seus auges na Globo (Reprodução/Globo)
Publicidade

No fim da década de 1970, com o crescimento do número de TVs nas zonas rurais do Brasil, a Globo decidiu encomendar um jornal semanal para mostrar as novidades do agronegócio no país e tirar dúvidas de agricultores. Nesse contexto, estreou em janeiro de 1980, o Globo Rural, o primeiro e hoje único jornal em rede nacional dedicado a esse assunto. 40 anos depois, o programa vive um de seus auges. É um fenômeno de Ibope nas manhãs de domingo, chegando a ser o programa mais sintonizado do dia na TV, além de seguir muito querido por agricultores e pecuaristas.

Levantamento obtido pelo Observatório da Televisão mostra que o Globo Rural marcou média de 11 pontos de audiência na Grande São Paulo em 2019. Só para se ter uma ideia, este número é maior que nomes tarimbados como Eliana, Celso Portiolli e Rodrigo Faro fecharam em 2019. Além disso, o índice é maior que o Esporte Espetacular na programação de domingo da Globo.

Mas o que chama a atenção é a participação no número de televisores ligados do programa ancorado por Nelson Araújo e Helen Martins. Em 2019, por três oportunidades, o Globo Rural foi o mais sintonizado em todo o dia. O maior número de share foi no dia 2 de junho de 2019, quando atingiu 41.4% – ou seja, de cada 100 TVs ligadas em SP, 41 estavam na Globo no horário do programa. Nenhum programa foi tão visto naquele dia.

Em 2020, a sina continua. Nos primeiros dois domingos deste ano, o Globo Rural manteve a audiência na casa dos 11 pontos. Deu mais que toda a programação da Record TV nos dois domingos, e só perdeu para Silvio Santos no SBT – no último dia 12 de janeiro, fechou com 11,4 pontos, dando apenas um décimo a menos que Silvio Santos neste dia.

Globo Rural é Jornal Nacional dos agricultores

Mesmo com tanto tempo no ar, o programa segue como um dos mais prestigiados perante o público. Existem telespectadores que ainda acordam cedo nos domingos para acompanhar as dicas do programa sobre vários meandros da agricultura nacional. Principalmente para o espectador do interior, o jornalístico é um “Jornal Nacional dos agricultores”.

“O Globo Rural, para mim, é muito importante. Só ele fala diretamente de algumas necessidades e faz reportagens mais elaboradas sobre avicultura (criação de aves), por exemplo, que é algo que não vemos nos jornais do dia a dia”, disse o agricultor Alberto Ferreira, que cuida dessa área e falou ao Observatório da Televisão.

Agricultor faz homenagem ao Globo Rural em sua plantação de alfaces (Reprodução/Globo)
Agricultor faz homenagem ao Globo Rural em sua plantação de alfaces (Reprodução/Globo)

O carinho do público pelo Globo Rural foi mostrado recentemente pelo próprio programa. Em forma de homenagem, o agricultor Luiz Yano, de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, fez um mosaico com sua plantação de alface com o logotipo do Globo Rural, para mostrar sua gratidão pelo programa. “Por tudo que o Globo Rural passa para o agricultor, nada mais justo do que fazer uma homenagem dessas”, explicou Yano.

Para comemorar os 40 anos de programa jornalístico, o Globo Rural está exibindo uma série de reportagens sobre a tecnologia aplicada na Agricultura. Outras comemorações estão previstas ao longo do ano.

Além de tudo isso, o Globo Rural hoje detém o título de dupla mais longeva dos jornalísticos da Globo. Helen Martins e Nelson Araújo apresentam o jornal juntos desde 1996. Ou seja, 24 anos. Nelson está ainda mais tempo: 1990. Mais que um telejornal, o jornal virou uma grande marca na Globo.

Publicidade