Deputado bolsonarista afirma que vai acionar MP após conversa de zoofilia no BBB 20

Bruno Lima disse que o caso não pode passar em branco

Deputado Bruno Lima (Reprodução/Instagram)
Publicidade

O deputado estadual Bruno Lima (PSL-SP) usou seu perfil do Instagram neste domingo (26), para repudiar o suposto caso de apologia à zoofilia cometido por Mari Gonzales no Big Brother Brasil 20.

Através dos stories, Bruno afirmou que vai entrar com uma ação no Ministério Público sobre o caso e reiterou que zoofilia é crime e não pode ser tratado como algo “normal”.

“Sobre esse triste episódio no BBB, no qual duas pessoas batem papo sobre zoofilia, nossa equipe já está estudando as medidas legais para ver o que podemos fazer para não ficar só na teoria”, disse Bruno, que é conhecido por defender os animais na Alesp.

“Provavelmente vamos fazer uma representação para o Ministério Público do Rio de Janeiro. Zoofilia é crime, não é normal. Queria ver eles fazendo um resgate de um animal que foi estuprado e dizerem que é normal”, completou.

No episódio, que ocorreu na tarde deste domingo, Mari disse: “para gente é anormal, mas para muita gente não é. E tudo bem também a pessoa querer comer um animal, tudo bem”.

Após a fala da influenciadora, não demorou muito para que os internautas começassem a criticar o posicionamento dos brothers. Rapidamente a hashtag #Zoofiliaécrime se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Publicidade