Preocupada com voz, Globo quer poupar Galvão Bueno até jogo decisivo da Libertadores

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O fato de Galvão Bueno ter tido problemas com sua voz em suas últimas transmissões devido a uma gripe forte que teve fez um sinal de atenção ser redobrado na Globo. A emissora carioca quer poupar o seu principal narrador e fazê-lo se recuperar de forma plena para o jogo de volta entre Flamengo x Grêmio, pela Libertadores, programado para o próximo dia 23 de outubro.

Segundo apurou o Observatório da Televisão, essa recuperação plena incluiria retirar Galvão da narração de jogos da Seleção Brasileira na semana que vem e de transmissões de Fórmula 1. A Globo entende que o narrador precisa estar bem para um jogo que será histórico. Além do mais, seria uma grande volta por cima fazer uma enorme narração da partida que vale vaga na final da Libertadores deste ano.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A principal preocupação com a voz de Galvão vem de Joana Thimoteo, diretora de Eventos Esportivos do Grupo Globo. Desde que assumiu a função, no fim de 2018, Joana sempre teve uma preocupação especial com a voz de seu principal narrador, entendo sua importância.

O grande problema é convencer Galvão Bueno de que ele precisa se recuperar plenamente. O narrador já é conhecido nos bastidores por gostar de trabalhar e narrar tudo que puder, o que lhe angariou o apelido de “highlander”. A decisão de poupar Galvão de jogos da Seleção será decidida até terça-feira (8).

No jogo realizado na última quarta-feira (2), a voz de Galvão Bueno falhou nos dois gols de Grêmio e Flamengo – a partida terminou em 1 a 1. Incomodado, ele pediu desculpas aos telespectadores.

Globo diz que escala pode ser ajustada por causa de doença de Galvão Bueno

“Quero pedir desculpas às dezenas de milhões de torcedores em todo o Brasil que estavam nos acompanhando. Tive uma forte recaída na gripe e sinusite e perdi a voz logo no início do jogo!! Nada pior para um narrador do que não conseguir gritar os gols”, disse ele.

Caso isso ocorra, não será a primeira vez que Galvão Bueno deixa de fazer jogos do Brasil por conta da voz. Em setembro, ele não narrou Brasil x Peru e foi substituído de última hora por Cléber Machado. Após a Copa de 2018, no ano passado, de férias, ele também não fez dois amistosos da Seleção.

Procurada oficialmente para comentar o assunto pelo Observatório da Televisão, a Globo apenas disse em nota que “o narrador Galvão Bueno está gripado, como informou na transmissão de quarta-feira. O planejamento de escalas de transmissão sempre pode ser ajustado”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais