Publicidade

Jornalista que pediu demissão da Globo ao vivo acusa ex-chefe de assédio moral

Kaio Cézar e sua esposa, a também jornalista Mirela Fortes
Publicidade

Faz quase um mês que o jornalista esportivo Kaio Cézar surpreendeu muita gente ao pedir demissão da TV Verdes Mares, afiliada da Globo no Ceará. Detalhe: em plena edição ao vivo do Globo Esporte local. A repercussão em torno desse fato, porém, ainda está longe de acabar.

“Tenho ainda mais certeza de que fiz a coisa certa, não me arrependo. É claro que, tendo uma família para sustentar, não vou dizer que eu queria perder o emprego e ficar desempregado, ninguém fala isso. Mas as circunstâncias me levaram a fazer isso. Eu estava numa situação tão dura que eu cheguei a quase cometer suicídio”, revelou o rapaz, em depoimento ao jornalista Daniel Castro.

Leia mais: Recém-operado, Henrique Fogaça usa tipoia em gravações do MasterChef: “Muita dor”

Continua depois da publicidade

Kaio garante que seus advogados devem entrar ainda nesta semana contra seu ex-chefe, Paulo César Norões. A acusação será por assédio moral. Ele também pretende processar a própria empresa por acúmulo de função. “Eu fazia tudo lá. Editava, era repórter, era produtor, era tudo”, garante. Ele trabalhou por 11 anos na TV Verdes Mares.

Assédio em detalhes

“Lembro-me que um dia, no meio de uma reunião do Esporte, quando era nosso editor-chefe, mandou-me ‘tomar no cu’ por ter discordado dele. No meio da redação, disse gratuitamente: ‘Esse [Kaio] é um doido, pega uma mulher que tem menino, vai lá e faz outro menino nela. É um doido’. Nem que eu fosse doido ele teria direito de falar isso”, relatou Kaio Cézar.

A frase por ele atribuída a Norões seria uma referência ao fato de a esposa do ex-âncora global, Mirela Forte, já ter uma filha de quatro anos, fruto de uma união anterior. Mirela também é jornalista. Hoje, os dois são pais de um menino de um ano. “Nesse dia eu saí da redação chorando. Não falei nada com ele com medo de perder meu emprego”, revelou ainda Kaio.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade