Saiba como será a história de Aruanas, nova série da Globoplay para 2019

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Algumas notícias já começaram a surgir sobre Aruanas, nova série produzida para a Globoplay. A produção será disponibilizada pelo serviço em 2019. Com um elenco feminino composto por quatro protagonistas, Tais Araújo, Débora Falabella, Leandra Leal e Thainá Duarte, a série terá Camila Pitanga como vilã, e direção de Carlos Manga Jr.

Aruanas se passará na Amazônia e contará a história de uma ONG, criada por três amigas para a proteção ambiental. Cada uma das protagonistas terá uma história inspirada em manchetes de jornais. A jornalista Natalie (Débora Falabella),  a advogada Verônica (Tais Araújo), e a ativista Luiza (Leandra Leal) terão seu primeiro contato com Olga (Camila Pitanga) depois de receberem uma denúncia sobre uma mineradora que pratica atividade irregular.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Aquaman | Filme da DC alcança US$ 260 milhões ao redor do mundo

Olga, ajudará a mineradora a explorar uma reserva ambiental, e assim expandir o negócio. “Embora minha personagem seja alheia a esses valores, ela também é porta voz de ideias e liderança. Olga defende o capital acima de qualquer coisa, não tem escrúpulos”, disse Pitanga em entrevista ao Estadão.

A série foi desenvolvida pela Maria Farinha Filmes, parceira da Globo, em 2010. Marcos Nisti, um dos roteiristas da produção, acredita que a causa ambiental é urgente e merece atenção: “Temos desenvolvido projetos para falar com mais pessoas. A ideia desta série é falar sobre um dia a dia de ativismo que ainda não havíamos visto na TV”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio