Dancing Brasil entra na reta final com disputa embolada e muitas surpresas

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A edição dessa quarta (21) do Dancing Brasil deixou a disputa pelo prêmio de 500 mil reais totalmente embolada.

O programa entra na reta final com seis duplas, todas com boas chances de conquistarem essa bolada. Definitivamente, não há favorito.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Todavia, quem está mantendo certa regularidade na competição é Allan Souza Lima, que conseguiu ficar mais uma vez entre os destaques.

Por outro lado, o ator somou menos pontos em comparação às últimas apresentações, e não ficou tão distante dos adversários.

Allan terminou a classificação na liderança, empatado com Bernardo Velasco, que surpreendeu em sua performance.

O artista, que já esteve ameaçado pela eliminação, mostrou que está evoluindo e ganhou nota 9 dos três jurados.

Leia mais: Rock and Roll embala as coreografias do Dancing Brasil

Juliana e Pérola ficam na média

Empatadas com 26 pontos, Juliana Rios e Pérola Faria conquistaram a média suficiente para escapar da zona de risco.

Desde o início da competição elas sempre se mantiveram entre os destaques e nunca ficaram na berlinda.

Entretanto, Pérola já chegou a ser considerada a grande favorita da competição, mas escorregou em suas duas últimas apresentações.

A atriz, porém, disse que não se considera destaque e assumiu que a disputa é difícil já que todo mundo está evoluindo.

Juliana, por sua vez, cresceu bastante nos últimos programas, mas não agradou muito dançando quickstep.

Vale salientar que nenhum participante recebeu nota 10 nesse episódio do programa.

Leia mais: Público critica “mau humor” e avaliações de Jaime Arôxa no Dancing Brasil

Camila eliminada, Lu e Amaral salvos

A zona de risco do Dancing Brasil foi formada por três duplas.

Camila Rodrigues até conseguiu se destacar em relação às últimas apresentações, mas somou apenas 24 pontos.

Pela quarta vez, a atriz foi para a berlinda, mas dessa vez não reclamou, reconhecendo que cometeu alguns erros.

Outra participante que não se deu bem foi Lu Andrade. A cantora do Rouge reclamou que estava cansada de receber notas baixas, mas mesmo assim não escapou da degola.

Todavia, ela conseguiu se livrar da votação popular na performance em grupo, sendo bem avaliada por Jaime e Paulo.

Amaral, por sua vez, foi o pior da noite. O ex-atleta foi muito criticado pelos jurados e acreditou que chegaria sua vez de sair do programa.

Entretanto, quem deixou a disputa foi Camila, para a surpresa do rapaz e do público.

Leia mais: Jurado do Dancing Brasil faz cobrança inusitada e Xuxa tem ataque de riso

Reta final e surpresas

Agora, seis duplas estão na semifinal do Dancing Brasil, e muitas surpresas rolarão nos últimos programas.

Segundo Xuxa, na próxima edição a eliminação será dupla. Sendo assim, quatro pares irão para a grande final.

Ainda não se sabe se a dinâmica de votação será a mesma. Além disso, como não há favoritismo, todas as duplas estão vivas na competição, com boas chances de faturar o grande prêmio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio