Na ESPN, Jô Soares agradece Pedro Bial por carinho e refuta volta à televisão: “Não vou voltar”

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dando uma série de entrevistas para divulgar o lançamento de sua biografia, o apresentador Jô Soares foi o entrevistado do programa Bola da Vez, talk show apresentado por João Carlos Albuquerque na ESPN Brasil.

Entre muitos assuntos, Jô falou sobre o seu filho Rafael, contou várias passagens sobre sua vida, como quando ficou o dia inteiro no DOPS na época da ditadura militar, além de falar muito sobre futebol.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Jô Soares desabafa e fala que fim de seu programa na Globo foi aliviante

No meio dessas passagens, Jô Soares falou de forma breve, mas contundente sobre sua carreira na televisão brasileira, não tanto como humorista, mas principalmente como entrevistador.

Na primeira fala, Jô disse que não consegue falar sobre qual foi sua melhor entrevistas, porque foram mais de 15 mil em 28 anos de entrevistas na TV – somando o tempo de Jô Soares Onze e Meia, no SBT, e Programa do Jô, na Globo. Mas Jô disse que parou porque perdeu a vontade de fazer.

“Foram 15 mil entrevistas. Foram muitas. Eu parei de contar e achava que a próxima seria sempre a melhor. Mas eu parei na hora que devia parar, quando eu perdi a vontade de fazer o programa, não queria mais, não tinha prazer”.

Jô Soares também refutou qualquer chance de voltar para a televisão em 2018. Ele comenta que isso só vai ocorrer se alguma coisa bem inesperada ocorrer: “Não vou voltar, só se acontecer alguma coisa bem diferente”.

Jô Soares também falou sobre a entrevista que concedeu a Pedro Bial no Conversa com Bial, da Globo, no fim de 2017. Jô agradeceu o carinho e o respeito com que Bial o tratou no programa.

“Eu fiquei muito emocionado de ir lá. Eu conheço o Pedrinho faz anos. E ele é um cara de um conhecimento, de uma cultura da língua, impressionante. Mas Pedro Bial, muito obrigado, por todo carinho e respeito que me recebeu”, disse.

Por fim, Jô criticou ver VTs do SBT durante a entrevista – a ESPN não conseguiu imagens da época de Globo. Ele revelou não gostar de se ver no ar: “Eu não vi aqui me ver (risos) Quando eu me vejo, eu acho sempre que posso ter feito melhor. Eu não vou ver essa entrevista na reprise. Me acho muito gordo sempre”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio