18 Fatos que tornaram o Big Brother Brasil 18 a melhor edição da história

Publicado há 3 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta quinta-feira (19) chega ao fim mais uma edição do Big Brother Brasil, uma das mais bem elaboradas da história do programa. Um conjunto de fatores que vão do apresentador aos participantes passando até pelo estagiário da atração fizeram do BBB18 um verdadeiro show de entretenimento televisivo.

Veja também: BBB18: Ana Clara cai no choro ao relembrar trajetória de Eva no reality show

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Rede Globo provou que andou com o tempo em todos os sentidos mesmo. Sem blindagens rigorosas dos áureos tempos do Boni, o Big Brother Brasil 18 apresentou uma edição para toda a família e falou no popular e bateu um recorde de 33,9 pontos em São Paulo, a sua maior audiência até então. Esta edição chega a sua grande final com os finalistas mais queridos do público. Muito diferente do que aconteceu na edição anterior, onde Emilly ficou marcada como a vencedora mais rejeitada da história do programa junto ao Dhomini da terceira temporada.

Leia Mais: BBB18: Maiara e Maraísa, Projota e Ferrugem são as atrações da final do reality show

Então vamos a lista com os 18 fatos que que fez do Big Brother Brasil 18 a melhor edição de todas

1 – O sonoro ‘Fora Temer’ de Mara Telles e Viegas e um salve pro William Waack, ao vivo, na cara do Tiago Leifert e no horário nobre da Globo e do Brasil inteiro, valeu por um mês inteiro de programa.

2 – O cuidado com a escolha de elenco foi plausível. Os brothers demoraram para engatar no jogo mas quando rolou o primeiro barraco o negócio andou. Destaque para a produção que deixou de seguir a linha do Big Brother americano, onde são confinados apenas corpos sarados e pessoas acima da média da beleza. Desta vez eles optaram pela pluralidade de pessoas que o brasil tem e escolheram pessoas interessantes para a edição.

3 – A ideia de game como identidade do Big Brother Brasil trouxe um frescor ao programa e serviu para Tiago Leifert ficar mais à vontade no comando de um produto que por dezesseis anos teve o peso da imagem e filosofia de Pedro Bial

4 – Participantes que não tiveram medo de representar a vida como ela é e entraram com a consciência de que a fama é assunto para outro plano e estavam ali em busca de alianças, jogo e 1,5 milhão.

5 – Uma ideia de decoração primorosa e criativa. Com estreia no auge do verão o BBB18 levou aos olhos dos telespectadores uma espécie de resort caribenha de luxo. Talvez essa tenha sido a decoração mais bonita de todas as edições também. Do banco em formato de barco, passando pela piscina e quartos, seja o Bangalô do Lider ou o Quarto do Submarino, vimos um confessionário lindo, uma cozinha adorável, uma sala com almofadas em formato de peixe. Tudo encantador.

6 – A ideia da família causou incômodo no início mas depois percebeu-se o quão fundamental e criativo foi. Ver a reação das famílias dos participantes acompanhando o desenrolar do jogo foi muito legal. Destaque para Maria Olívia, a mamãe do Breno, ela conseguiu ser mais presente no jogo que o próprio filho no confinamento

7 – Não podemos esquecer as grandes festas que embalaram as quartas e sábados na casa mais vigiada do país. A produção sempre arrasando nos temas e na decoração. Percebe-se que este ano a Rede Globo deu uma maneirada com a bebida. Mas valeu!

8 – O Raio – X com intuito interativo e de avaliação ajudou muito a termos uma percepção maior do que os confinados sentiam no dia a dia.

9 – O Queridômetro não teve uma função importante no jogo, mas serviu pra identificarmos as falsianes.

10 – Valeu a pena Ayrton ter aguardado anos de sua vida para entrar justamente nesta edição e poder trazer como companhia a sua filhota Ana Clara. A fofa foi a grande participante desta edição e a relação entre pai e filha foi divertidíssima de se assistir.

11 – As marcas histórias de rejeição do famigerado grupinho G7: Ana Paula, Patrícia, Diego, Nayara, Lucas, Caruso, Viegas e Wagner. Ver um por um sendo eliminado com altos índices de rejeição foi satisfatório.

12 – Ver Diego comemorar a liderança com Patrícia, mas daí vem Tiago Leifert no ao vivo, diz que a apuração estava errada e entrega a liderança para Ana Clara. Não tem preço!

13 – A ideia de usar o tema da novela ‘O Outro Lado do Paraíso’ como pano de fundo e estrutura para a história do programa. ‘Tudo o que você faz um dia volta pra você’ aconteceu da forma mais perfeita possível. O G7 pagou do jeitinho que a gente gosta. Vale destaque para Diego e Patrícia com  o retorno triunfal da Gleici.

14 – O Big Treta Brasil foi um grupo de Whatsapp dos participantes. E ele existiu real O melhor quadro da história do programa possibilitou uma interação com o público, era tão bom ao ponto da gente poder enviar os melhores memes da internet aos produtores do programa.

15 – O apresentador Tiago Leifert brilhou do começo ao fim. Ele deixou de ser apenas aquele tradicional apresentador de reality show que conhecemos e se tornou uma espécie de jogador também. No caso, ele seria aquele jovem pré-adolescente fissurado em jogos e competições. Soube usar todos os momentos do programa e engrandeceu os fatos.

16 – A edição do programa foi um dos pontos altos. Não que as temporadas anteriores não tenham tido uma edição bacana, mas o BBB18 superou todas elas. Podemos dizer que a Rede Globo tem os melhores profissionais do mercado. Parabéns!

17 – Kaysar foi um ponto positivo. Mas também sabemos que a Rede Globo não dá ponto sem nó. Chamado de fake até por Ana Maria Braga, o brother sírio estudou o programa e entrou fazendo tudo aquilo que a gente já tinha visto em algum lugar, ou, no mesmo lugar. Mas, trouxe na bagagem uma história de impressionar, e é de histórias boas que a gente gosta.

18 – Gleici! é extremamente importante falar de Gleici Uma menina simples que foge dos padrões conceito que o mercado costuma abraçar. Sem apoio de quase nenhum artista e com a família passando momento difíceis do lado de fora. A comoção foi inteiramente do público, que permitiu que a Acreana fosse a finalista mais querida dos últimos anos.

É isso, gente! Na noite desta quinta-feira (19), chega ao fim a melhor temporada do Big Brother Brasil. Até a próxima!

+ OBSERVATÓRIO DA TELEVISÃO

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio