10 programas do SBT que tiveram vida curta

Publicado há 4 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nem só de audiência vive a televisão. A audiência é consequência de bons programas que atrelam uma boa ideia a uma produção de qualidade. O SBT ostenta o título de segundo lugar em audiência e mesmo quando consegue entregar um produto de qualidade, acaba o tirando do ar seja por más escolhas de horário ou divulgação. Listamos abaixo 10 programas que tiveram vida curta na emissora de Silvio Santos.

Esse Artista Sou Eu (Divulgação)

Esse artista sou eu

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa inspirado no holandês Your Face Sounds Familiar ficou apenas 4 meses no ar e não teve outras temporadas. Apresentado por Márcio Ballas, era um reality show de talentos, onde os  artistas se caracterizavam como outros artistas cantando e dançando como tal, o mesmo que acontece no atual Show dos Famosos, quadro exibido no Domingão do Faustão. Na ocasião, a direção do SBT não renovou o contrato com a Endemol, empresa que detinha os direitos do programa, e criou sua versão genérica, o Máquina da Fama.

10 anos mais jovem (Divulgação)


10 anos mais jovem

Formato consagrado internacionalmente, o 10 Anos Mais Jovem era inspirado no original 10 Years Younger onde uma pessoa que precisava de cuidados estéticos era colocada numa cabine de vidro num local de grande circulação. Os transeuntes eram perguntados qual a idade hipotética do participante exposto na cabine antes e após a transformação que incluíam tratamentos odontológicos, dermatológicos, capilares e um banho de loja. O programa na emissora de Silvio Santos durou apenas 6 meses em 2009.

Casa dos Artistas Protagonista de Novela (Reprodução)

Casa dos Artistas – Protagonista de Novela

Após perder os direitos do formato original do Big Brother para a Globo, o SBT tal qual fez com o Esse Artista Sou Eu, inventou a versão Protagonista de Novela para o seu já conhecido Casa dos Artistas em 2004. Os confinados do programa eram todos atores em busca de uma oportunidade profissional sólida na televisão. O programa era apresentado pela carismática Regina Volpato, e as eliminações aconteciam de acordo com o baixo desempenho dos atores em provas de talento. Mal aproveitado, o programa teve apenas uma temporada e pior: Não deu à vencedora o prêmio prometido – se tornar um protagonista de novela.

Programa Cor de Rosa (Divulgação)

Programa Cor de Rosa

Era um programa feminino apresentado por Décio Piccinini e Silvia Abravanel nas tardes do SBT e falava sobre fatos cotidianos e fofocas sobre celebridades. Exibido de segunda a sexta, o programa começou a focar exclusivamente nos capítulos de novelas da concorrência e desagradou Silvio Santos, que o tirou do ar em apenas 3 meses.

Programa Fora do Ar (Divulgação)

Fora do Ar

O programa sem formato definido juntava Hebe Camargo, Adriane Galisteu, Jorge Kajuru e Cacá Rosset no mesmo sofá para discutir assuntos atuais de temas mais relevantes na época. Eram abordados até 4 temas dependendo da complexidade e tempo das discussões, onde ao final eles escolhiam o que estava fora do ar e o que estava no ar. Muito parecido com Saia Justa, do GNT, o programa saiu do ar 5 meses após sua estréia em 2005.  

Olha Você (Divulgação)

Olha Você

O programa de variedades do SBT tinha os moldes do Hoje em Dia da Record e juntava Alexandre Bacci, Claudete Troiano, Helen Jabour e Francesco Tarallo. O mau clima entre os apresentadores tomou conta da atração que já não respondia bem em audiência. Gafes foram cometidas ao vivo fazendo com o que programa passasse a ser gravado. O programa errou no tom, no formato e durou apenas 6 meses no ar entre 2008 e 2009.

Famoso Quem? (Divulgação)

Famoso Quem?

Com início em setembro de 2013 e durando apenas 2 meses no ar, o reality show mostrava anônimos fazendo covers de seus ídolos e tentando convencer os jurados quem se parecia mais com o artista original. O formato original britânico fracassou em solo brasileiro devido aos horários ruins e má divulgação.

Telefone e Ganhe (Reprodução)

Telefone e Ganhe

Virou piada na internet o programa apresentado por Helen Ganzarolli que durou apenas 1 dia no ar. O Telefone e Ganhe tentou seguir em 2010 o formato consagrado pelo SBT nos anos 90 com programas como Fantasia e Alô Cristina para alavancar a audiência da emissora paulistana que até então exibia séries americanas. Em uma brincadeira no estilo Caça Palavras, o telespectador ligava para o programa para acertar a charada proposta pela apresentadora. A audiência não respondeu bem e no dia seguinte as séries americanas estavam de volta à grade do canal.

Eu compro seu Televisor (Reprodução)

Eu Compro Seu Televisor

O programa apresentado por Silvio Santos durou apenas algumas semanas no ar. Nele o apresentador testava o poder de negociação dos participantes que deveriam negociar os aparelhos que continham escondidos quantias que variavam de R$ 1 a R$ 1 milhão. A Endemol entrou com um processo contra a emissora por deter os direitos do formato original.

Caso Encerrado (Divulgação)

Caso Encerrado

O enlatado exibido pela Telemundo nos Estados Unidos mostrava uma apresentadora no papel de juíza tentando resolver desavenças familiares e pequenos casos judiciais. Com uma estranha estratégia de exibição, o SBT resolveu exibi-lo às 18:30, horário em que ele marcou metade da audiência do seriado Chaves que ocupava o mesmo horário.

E aí lembra de algum outro programa que teve vida curta na emissora de Silvio Santos? Conta pra gente nos comentários.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio