Publicidade

Após virar meme, Erick Jacquin diz o que faria com Fabiana: “Cago no chão da fábrica”

O chef falou sobre como reagiria às atitudes da vilã

Publicidade

No ar como um dos jurados do MasterChef, Erick Jacquin virou meme nas redes sociais após internautas compartilharem momentos de suas broncas no reality Pesadelo na Cozinha. Até uma união entre o chef e Fabiana (Nathalia Dill), vilã de A Dona do Pedaço, aconteceu.

“Se eu sou funcionário da Fabiana eu teria parado de trabalhar para ela há muito tempo. Eu ficaria em frente à fábrica gritando: ‘Pão dura, nojenta!. Você não é civilizada'”, declarou o cozinheiro em entrevista ao UOL.

Questionado sobre o fato da ex-freira discriminar Britney (Glamour Garcia), o famoso entregou o que falaria. “Cada um escolhe a sua vida. Você contratou ela como mulher e ela é mulher. Você deve deixá-la trabalhar como ela quiser e ponto. O resultado vai ser muito melhor para você, sua idiota!”, disparou.

Continua depois da publicidade

Com relação ao banheiro da fábrica não ter papel higiênico e sabonete, Erick foi mais enérgico. “Se eu sou funcionário, eu cago no chão da fábrica e mijo em frente da casa dela!”, garantiu o chef. Contudo, ele concordou com a proibição de uso de celular durante o expediente.

“É a única coisa certa. Concordo com ela. Não é para trabalhar com celular. Celular é antes e depois do trabalho. No meu restaurante vai ser desse jeito. Se quer ficar com celular fica em casa. O trabalho é para trabalhar e não para ficar no WhatsApp. É a única boa decisão que ela tomou”, concluiu Jacquin.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade