Publicidade

Ex-funcionário da Globo leva mais de R$ 800 mil em processo e alega que Faustão causou o fim do seu casamento

O profissional alegou ter sofrido danos morais

Publicidade

Renato Oliveira Cardoso, conhecido pelo apelido Renatinho e que foi diretor de palco do Domingão do Faustão por anos, venceu um processo movido contra a TV Globo no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), do Rio de Janeiro.

A justiça compreendeu que a platinada não pagou integralmente algumas determinações que faziam parte do contrato. Em agosto do ano passado, o cálculo feito pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) estipulou a indenização em R$ 813.449,32. O valor já foi pago para o profissional.

Além disso, Renatinho disse ter sofrido danos morais por causa das brincadeiras que Fausto Silva realizava ao vivo na atração. Os advogados destacaram que o comunicador o chamava de mulherengo e que tinha sido noivo oito vezes.

Continua depois da publicidade

Renatinho destacou que teve várias brigas com a mulher por causa dos comentários e que acabou se separando por causa disso. A justiça considerou que Renato não sofreu dano moral, mantendo só a condenação do canal, informou o UOL.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade