Publicidade

“Estou muito feliz de mostrar essa representatividade”, afirma Juliano Laham sobre o Luccino de Orgulho e Paixão

Publicidade

No ar como o Luccino de Orgulho e Paixão, Juliano Laham disse estar muito feliz em poder interpretar um personagem homossexual numa trama das 18h que se passa em 1910.

Leia: Orgulho e Paixão: Ernesto se torna prefeito e Ema empresária

“Por mais que seja uma novela de época, se a gente for comparar, esse preconceito é muito contemporâneo. E isso tem que acabar”, avaliou o artista ao Gshow. O astro contou que recebe mensagens de carinho por causa do papel.

Continua depois da publicidade

Saiba mais: Orgulho e Paixão: Lady Margareth terá final trágico

“Pais que começam a pensar de uma outra forma, que começam a entender a orientação de seu próprio filho, e assim por diante… Estou muito feliz de mostrar essa representatividade”, concluiu Laham.

Juliano Laham revela estar perdendo seguidores na web por causa do Luccino de Orgulho e Paixão: “Estou supertranquilo”

A saber, no ar como o Luccino de Orgulho e Paixão, Juliano Laham revelou que desde que o mecânico revelou que é homossexual para algumas pessoas e percebeu que está apaixonado pelo Capitão Otávio (Pedro Henrique Müller), aconteceu uma diminuição no número de seus seguidores na web.

“Tenho perdido muitos seguidores depois que o personagem começou a contar essa história e estou supertranquilo. Acho que essas pessoas que não têm amor ao próximo, não conseguem enxergar o amor entre duas pessoas do mesmo sexo”, avaliou, contudo, o astro ao UOL.

“Para mim não acrescentam em nada. Quero pessoas que apoiam. No Twitter, por exemplo, as pessoas ficam doidas com esses personagens”, concluiu surpreendentemente o famoso.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade