Presença de Anita estreava há 16 anos

Publicidade

No dia 07 de agosto de 2001 estreava a minissérie Presença de Anita. Uma das mais marcantes produções da Globo no segmento, a série era escrita por Manoel Carlos, baseado no romance de Mário Donato, e revelava a atriz Mel Lisboa, que vivia o papel-título.

Na trama, Nando (José Mayer) vive um casamento sem muitas emoções com Lúcia Helena (Helena Ranaldi). Ele sonha em escrever um romance, enquanto ela faz de tudo para retomar a temperatura de sua relação com o marido. Por conta disso, o casal, acompanhado da filha Luiza (Julia Almeida), deixa São Paulo em direção à Florença, no interior do estado. A ideia é passar as festas de fim de ano com a família, ao mesmo tempo em que Nando acredita ser aquele o ambiente ideal para começar o seu romance.

Entretanto, a vida deles mudará para sempre na pequena cidade. Ali, ele encontra a jovem Anita (Mel Lisboa), que vive sozinha num sobrado cheio de mistérios. Nando vê em Anita a personagem ideal para seu livro, e, aos poucos, vai se envolvendo com a menina. Enquanto isso, Anita exerce seu intenso magnetismo em Nando e, também, em Zezinho (Leonardo Miggiorin), um tímido jovem que vive na cidade.

Continua depois da publicidade

Anita carregava consigo a pequena boneca Conchita, uma bailarina espanhola. Segundo Anita, ela guardava a alma da ex-moradora do sobrado, Cíntia, que morrera assassinada pelo amante. A presença de Anita na vida de Nando faz com que, aos poucos, o escritor perca a sanidade. Completamente envolvido com a jovem, Nando destrói de vez seu casamento, fazendo sua família sofrer. Ao mesmo tempo, alimenta um sentimento de posse sobre Anita, que, por sua vez, o provoca cada vez mais.

Um grande sucesso da Globo no ano de 2001, Presença de Anita chamava a atenção pela ousadia do texto e pelas intensas cenas de sexo e nudez. Como se tratava de uma série cuja protagonista teria destaque absoluto, o autor Manoel Carlos e o diretor Ricardo Waddington definiram que Anita deveria ser vivida por um novo rosto. Assim, a equipe da trama analisou mais de 100 candidatas para a função, até chegar ao nome de Mel Lisboa.

Em entrevista ao programa Donos da História, do canal Viva, Manoel Carlos afirmou que recebeu um VHS com vários testes de candidatas à vaga para analisar. E que, nesta fita, havia um “rabicho” com uma propaganda estrelada por Mel Lisboa, ou seja, a atriz não aparecia entre as finalistas para a vaga. Mas o autor, ao ver a propaganda, não teve dúvidas de que o papel deveria ser entregue à jovem. A aposta foi certeira, já que a atriz teve todos os holofotes voltados para si e se tornou uma das grandes revelações na telinha naquele ano.

Curiosamente, Mel Lisboa nunca mais conseguiu se desvencilhar da marcante personagem. A atriz não conseguiu repetir o mesmo sucesso em seus trabalhos posteriores. Seu papel seguinte, uma das personagens principais da novela Desejos de Mulher, não aconteceu e perdeu espaço. Depois vieram a antagonista de Como Uma Onda e uma vilã secundária em Sete Pecados, também sem muita expressão. Migrou para a Record em 2011, onde estrelou a minissérie Sansão e Dalila ao lado de Fernando Pavão. Depois, foi escalada para um importante papel em Pecado Mortal, de 2013, mas pediu para deixar a trama em razão do espetáculo teatral sobre Rita Lee, no qual viveu a cantora. O autor Carlos Lombardi, a contragosto, precisou matar a personagem Marcinha antes de conseguir desenvolvê-la.

Presença de Anita foi reexibida na íntegra pela Rede Globo no ano seguinte, entre 17 de setembro e 11 de outubro, às 23 horas, em razão do cancelamento da segunda linha de shows por causa do período eleitoral. Também foi reprisada pelo canal Multishow, em comemoração aos 40 anos da Globo, e duas vezes pelo Viva, em 2012 e 2015. Além disso, foi exibida em formato de telefilme no especial Luz, Câmera, 50 Anos, em janeiro de 2015.

Leia também:

Há 27 anos, Escolinha do Professor Raimundo se tornava um programa solo

Relembre o teaser de Presença de Anita:

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade