Palmirinha Onofre chora ao falar de Guinho: “Não dava mais pra confiar”

Publicidade

Palmirinha Onofre voltou a falar da relação com Anderson Clayton, que durante muitos anos foi seu empresário e manipulou o boneco Guinho, em entrevista ao iG.

“O Guinho é um neto que eu tive por anos e continua sendo até hoje. Ele é um menino muito trabalhador e eu fiz o que pude para deixá-lo comigo, mas ele começou a prejudicar a minha carreira. Foi uma grande decepção”, disse ela em meio a lágrimas.

A culinarista comentou que ele até tinha suas senhas pessoais: “Eu confiava muito nele. Ele tinha a senha do meu cartão de crédito, pagava as minhas contas, frequentava a minha casa. Mas infelizmente chegou um momento que não dava mais. Ele não me dava mais satisfação do que fazia, foi um momento bem difícil”.

Continua depois da publicidade

Leandro Hassum perde 62 quilos e novo visual surpreende; veja o antes e depois 

Ela disse ainda que Anderson a prejudicou profissionalmente. “Eu queria resolver amigavelmente, mas não conseguimos. Foi uma coisa que perdeu o controle. As pessoas me convidavam para vários projetos e ele os recusava sem o meu conhecimento. Foi realmente uma pena, porque eu queria vê-lo bem. Eu sinto muito até hoje”, lamentou.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade