Vilão vaidoso em Rock Story, Caio Paduan debocha: “Ele é um coitadinho!”

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista, Caio Paduan contou um pouco de seu primeiro vilão em telenovelas.

Um dos destaques de Rock Story, que estreia nesta quarta-feira (09) na Globo às 19h, o ator se preparou para viver Alex com muita musculação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira o papo:

Como está sendo interpretar um dos vilões da trama?

“Que palavra ingrata. Ele é um coitadinho (risos). Esse personagem está sendo um presente muito especial em minha carreira. Esse é o meu primeiro personagem convidado. Eu tinha feito teste para ‘Malhação’ e ‘Além do Tempo’. Dessa vez foi um convite direto do Dennis Carvalho (diretor geral da trama). Isso é algo muito especial em minha jornada profissional. O Alex é diferente de tudo que eu já fiz na TV. Ele é muito vaidoso, muito egoísta. Até certo ponto um pouco violento. Juntando isso tudo, chegamos nesse nome que você falou. Um vilão em si. Eu tenho muita coisa para explorar nesse personagem. Está sendo bem interessante. Enfim.”

Como foi a inspiração para criar esse personagem tão cruel?

“Cruel, essa palavra é boa. É um cruel sem vir à consequência. Sabe? Ele faz porque tem que fazer. Não interessa o que seja. Ele faz e ponto final. Eu li um livro que eu gosto muito chamado: ‘O Ator Invisível’, de Yoshi Oida. É minha inspiração para eu me esconder o máximo como pessoa, para aparecer somente o personagem. Eu já tinha lido. Mas para esse personagem eu quis revisitar esse livro. Quero deixar o personagem mesmo em evidência. Já que o Afonso de ‘Além do Tempo’, foi marcante pela doçura, todo o romantismo em si. Tentei me esconder o máximo, porque eu sou mais próximo do Afonso. É bom para eu mostrar bem o outro lado. Eu também assisti a algumas séries de TV para compor esse personagem, entre elas: ‘Breaking Bad’.”

Seu personagem vai se aliar a gêmea má da trama, né?

“Isso eu não sei. Você que está dizendo. O bloco de capítulos que eu recebi, ele está com os dois capangas ao lado dele.”

É uma novela que fala muito de música. Qual é a sua relação com as canções?

“Eu só ouço muita música. Além de namorar uma cantora (Julia Konrad). Isso é a minha maior relação com a música. Eu gosto. Já cantei por ai com amigos. Mas não sou nada cantor. Sou amante de música. Só!”

Em ‘Além do Tempo’, você era amado pelo público. Você está preparado para ser odiado nas ruas?

“Eu estou desejando ser odiado pelo público. É oportunidade de mostrar para as pessoas que ele se veste bem, ele arruma bem o cabelo. Esse personagem é todo preocupado pela aparência. E as pessoas caem na aparência. Estou querendo mostrar para as pessoas que maldade não tem rosto. Eu acho uma mensagem legal.”

É verdade que você pegou pesado na malhação para compor esse personagem?

“Exatamente! Eu descobri a endorfina. É o famoso prazer pós-treino. Eu mudei porque eu achei que tinha que mudar. Meu outro personagem não se preocupava com isso. Mas esse tem essa fixação pela aparência, do corpo para conquistar as pessoas. Então, eu não tinha feito nada em relação a isso. Em relação à musculação, eu nunca fui muito adepto a isso. Era muito de correr e jogar bola. O Dennis Carvalho que me deu o aval para modificar o corpo. Pelo que eu ouvi falar, eles estão gostando como está no vídeo. Eu estou gostando do resultado. A endorfina é bem prazerosa. Perdi três quilos, e ganhei sete quilos de musculatura. Não sei muito bem essa conta. Enfim. O personagem está funcionando. E, eu sou muito entregue a eles. Gosto de fazer para eles.”

O público apelidou você carinhosamente de príncipe. Como você vê esse carinho?

“É muito especial. Eu já fiz um príncipe no teatro. E tive até fã clube desse príncipe em questão. Quando veio a novela, foi uma chance de mostrar para mais pessoas esse universo. O Afonso era um romântico puro, sem maldade nenhuma. Ele tinha uma pureza muito grande. Esse salto para a crueldade está sendo muito prazeroso como artista.”

ENTREVISTA REALIZADA PELO JORNALISTA ANDRÉ ROMANO

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio