Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“Sempre gostei de decoração”, diz Fernanda Paes Leme, apresentadora do Missão Design, novo programa do GNT

Publicado em 24/04/2018
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Depois de duas temporadas do programa Desengaveta, no GNT, Fernanda Paes Leme está de volta ao canal com uma novidade: Seu novo reality show, o Missão Design, que contará com designers e arquitetos numa disputa de decoração de ambientes. Completamente gravado em São Paulo, o programa tem sua estreia agendada para o dia 7 de maio. A apresentadora conversou com nossa reportagem, e falou sobre o desafio de comandar uma atração sobre um tema que ela não domina completamente, sua saudade da atuação, e revelou que o Desengaveta terá uma nova temporada gravada em breve. Confira:

Leia também: Orgulho e Paixão: Darcy faz pedido decisivo para Elisabeta

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Eu vou lançar meu novo programa no GNT chamado Missão Design, que estreia dia 7 de maio, e é um reality de decoração e arquitetura, que já foi todo gravado em São Paulo. Já o Desengaveta estreia em agosto a terceira temporada, que começamos a gravar recentemente.

Como é o programa?

A única coisa em comum é que ambos levantam a bandeira do consumo consciente. No Missão Design são 3 participantes por programa, 15 programas, 3 jurados fixos, eu apresentando, e teremos 3 contêineres dentro do estúdio onde cada dia é um tema. Um dia é varanda, outro dia quarto de casal e por aí vai. Os 3 participantes passam por provas e transformam o interior desses contêineres vazios num ambiente decorado e inspirador usando a oficina do programa, reaproveitando materiais e usando uma lojinha com uma verba especificada do programa.

Como surgiu esse projeto? Foi você que o levou para o GNT?

Não. Fui convidada para apresentar.

Como você se preparou para esse programa?

Claro que era divertido para o programa, já que tem os jurados que são especialistas, eu não ser especialista. Entrei em contato com isso, mas não foi um estudo super aprofundado. Fiz pesquisa com alguns designers brasileiros que me interessavam, mas mais como curiosa do que por necessidade.

A atuação como fica?

Por agora com certeza não. Esse ano são essas minhas novidades, meus programas do GNT.

Você sente saudade de atuar?

Eu sinto saudade, mas não dá muito tempo para pensar. Fiquei morando em São Paulo para gravar esse programa, e foi muito intenso porque gravava de 6 da manhã às 6 da tarde. Eram 6 dias gravando, e 1 de folga, e fiquei bem mergulhada nesse projeto. Dá saudade de atuar sim, mas sei que quando eu quiser voltar e fazer algo independente como teatro, eu posso matar essa saudade. Televisão eu matei um pouco fazendo uma participação no Tá No Ar, mas era eu mesma, não uma personagem. Se pintar algo legal, não vou deixar de fazer.

E foi difícil para você apresentar um programa dentro de um universo que você não está tão mergulhada?

Sim, mas sempre gostei de decoração. Sou aquela pessoa curiosa com decoração, sigo muitos Instagrams de arquitetura há muito tempo e já era algo que gostava. Foi bom para aprender e até ver que eu estava no caminho certo porque eu dava uns pitacos e falava coisas que os jurados diziam: “olha, pertinente”.

*Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....