Premiado como ator revelação, Jonathan Azevedo se declara à Gloria Perez: “Ela é uma glória na minha vida”

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jonathan Azevedo brilhou como o malandro Sabiá na novela A Força do Querer, e levou o Troféu Domingão de ator revelação no Melhores do Ano. Após fazer um discurso emocionado ao lado de João Vicente Castro e Silvero Pereira, o ator bateu um papo com nossa reportagem, e contou que está se preparando para viver um novo personagem na série Ilha de Ferro, além de se derreter por Gloria Perez, autora da trama que o revelou ao grande público. Confira:

Leia também: Globo define novo diretor de jornalismo na Bahia; saiba detalhes

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como foi para você a emoção de ganhar este prêmio?

Gente, eu passei semanas pensando em tudo isso e graças a Deus, hoje eu estava com pessoas que por si só disseram coisas que eu queria falar com o Brasil inteiro, sobre paz e união. Então, esse prêmio é a união de 3 pessoas que trabalharam com dignidade, estudaram e batalharam muito para estarem com vocês.

Eu conversei com a Marisa Orth recentemente e ela disse ter muito orgulho por você ter feito parte da escola dela, porque estavam perdendo você para o tráfico.

Na verdade, isso é muito engraçado. Venho de uma comunidade como tantas outras que têm esse estigma, e cresci com amigos que não tiveram a mesma oportunidade que eu tive na escola dela. O tráfico não só circula no meio da comunidade carente, então, todo adolescente que não tem o acesso, de conversar, de ter alguém que passe para ele o que é ser uma pessoa melhor, pode cair nessas armadilhas. Então, ela me salvou de não cair nisso, me salvou dessas armadilhas que o mundo tem para o jovem, seja ele negro, branco, gay, enfim, então consegui superar graças à Spectaculu e ao Nós do Morro.

Você se considera um homem abençoado?

Muito, muito, muito.

O quem vem pela frente agora em relação a trabalho?

Gente, agora estou indo para Ilha de Ferro, produção de um amigo meu, e graças a Deus, estou com uma liberdade imensa de poder atuar aqui depois do Sabiá. Poderei levar um pouco mais dessas construções que tive oportunidade de estudar na universidade, na Spectaculu e no Nós do Morro, levar mais conteúdo cênico para o público. Eu queria agradecer todo o carinho que vocês têm comigo.

E o que você leva de 2017?

Esse ano agradeço por ter conhecido pessoas especiais, ter conseguido achar um equilíbrio com minha energia, e estar perto de pessoas que levam tanto amor como Juliana (Paes), Gloria (Perez) e trabalhar numa empresa que está me deixando flutuar Brasil afora. Quero estar com vocês novamente em 2018.

Percebemos que você tem hombridade por ter levado os dois concorrentes para receber o prêmio junto com você…

Esse prêmio é nosso, de todos os brasileiros que lutamos pra caramba.

Como foi a sensação de tirar o dread e se despedir do Sabiá?

Sensação de renovação e possibilidade. Também de um verão mais fresco, porque aquele cabelo era muito quente. Só tenho a agradecer por tudo o que o Sabiá me trouxe.

O que é a vida pra você?

Uma trajetória em que nós devemos levar amor, compreensão e olho no olho para todos os que necessitam de paz.

Qual a importância da Gloria Perez para você?

Ela é uma glória na minha vida (risos).

Qual a visão que você passa para 2018?

A visão é a seguinte: Muita luz, muito amor e muita paz para vocês, seus lindos. Beijo do preto (risos).

*Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio