“Me tirou da zona de conforto”, diz Lise Oliveira sobre apresentar o Aratu Notícias

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lise Oliveira é uma espécie de apresentadora que é a cara da Bahia. Mulher, negra e empoderada, Lise é âncora do Aratu Notícias desde o ano passado, o principal telejornal da TV Aratu, afiliada do SBT em Salvador.

Além disso, Lise é uma espécie de musa fitness, onde diariamente divulga em suas redes sociais. Mas ela é muito mais que um rostinho bonito. Desde que assumiu o Aratu Notícias, Lise fez o telejornal abandonar o teleprompter, equipamento que mostra o texto que deve ser lido pelo apresentador.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: “Está tudo confirmado para 2019”, diz Léo Sampaio sobre SBT Folia em Salvador

“Eu tenho que estar armada até os dentes, eu estudo as informações. Além de saber o que está acontecendo, eu preciso estudar para ter aquela segurança na hora de transmitir a notícia e isso me deixa ainda mais segura, na hora de poder passar de uma maneira descontraída e conversada”, revelou Lise para o Observatório da Televisão.

Além disso, Lise apresenta o Chegue Mais, programa de entretenimento líder de audiência nas manhãs de sábado. “O Chegue Mais é entretenimento puro, apesar de informar, e o Aratu Notícias a vida inteira foi aquele formato tradicional, padrão, mas hoje como eu tenho a liberdade de informar dessa maneira descontraída, leve, conversada, eu consigo juntar as duas coisas, então para mim não tem diferença, ao mesmo eu estou informando e entretendo”, explicou ela.

Veja também

SBT comemora audiência em Porto Alegre no fim de semana com programas locais

Novela do SBT é escalada para substituir trama da Record TV em Portugal

Leia a entrevista na íntegra:

Observatório  – A Lise apresenta dois programas na TV Aratu, o Chegue Mais aos sábados de manhã e o Aratu Notícias, que é o jornal que você entende, como ela mesmo chama e é sem “TP” (Teleprompter – Equipamento acoplado às câmeras que exibe o texto a ser lido pelo apresentador).

Lise Oliveira – Isso, sem TP. Eu tenho que estar armada até os dentes, eu estudo as informações. Além de saber o que está acontecendo, eu preciso estudar para ter aquela segurança na hora de transmitir a notícia e isso me deixa ainda mais segura, na hora de poder passar de uma maneira descontraída e conversada. A ideia é justamente não ler o texto ali na frente e sim conversar com as pessoas que estão me assistindo, para ser como se eu estivesse ali ao lado delas.

Observatório – Um papo de boteco?

Lise Oliveira – Exatamente. Um papo de boteco, de bar, na mesa da sala. Eu quero estar mais próxima e acho que conversar é a melhor maneira de me aproximar.

Observatório – Você pode falar um pouco sobre como você transita? Porque você faz um programa de entretenimento no sábado de manhã e faz um jornalístico, como é que você faz para virar a chave?

Lise Oliveira – Muito fácil. Muito fácil porque para mim, hoje não existe diferença entre entretenimento e informação, eu acho que consigo informar e entreter ao mesmo tempo. Antes quando o formato ainda estava nascendo, crescendo, era um pouco mais difícil, mas agora eu me sinto muito mais segura, eu me sinto como se estivesse com os pés no chão. O Chegue Mais é entretenimento puro, apesar de informar, e o Aratu Notícias a vida inteira foi aquele formato tradicional, padrão, mas hoje como eu tenho a liberdade de informar dessa maneira descontraída, leve, conversada, eu consigo juntar as duas coisas, então para mim não tem diferença, ao mesmo eu estou informando e entretendo.

Observatório – O Chegue Mais, que é exibido nas manhãs aos sábados, já faz algum tempo que é líder de audiência…. 

Lise Oliveira – É verdade, já há um bom tempo que o Chegue Mais é líder, primeiro lugar, todas as manhãs às 10h, tem moda, tem beleza, tem saúde, tem atividade física, tem muito da minha identidade, muito do que eu faço na minha vida pessoal. Eu gosto de malhar, eu gosto de treinar, eu faço dieta, eu cuido da minha beleza, enfim, de coisas que fazem parte da minha vida pessoal, então eu trago isso muito para o programa.

Observatório – Em Salvador temos vivido uma situação bem atípica, que são as três grandes emissoras brigando entre si pelo primeiro lugar. Como é que você tem visto isso?

Lise Oliveira – É um pouco difícil, porque é uma guerra e todos os dias tem batalha, não existe um dia que você fique achando que está tranquilo. Todo dia é uma batalha, hoje tem batalha, hoje tem guerra na selva. É gostoso ao mesmo tempo porque você se desafia, nunca está tudo bem, tudo normal. Então por exemplo o Aratu Notícias, ele briga pela vice-liderança, já foi vice-líder absoluto durante o mês de janeiro, o mês inteiro, agora a gente está tentando retomar isso, a gente está colando com a segunda colocada atual. Então é gostoso e desafiador, isso te tira da zona de conforto, como eu falei você não fica o tempo inteiro achando que está tudo certo, não existe isso, de maneira nenhuma.

Observatório – Gostaria que você falasse um pouco sobre cuidado físico. Você tem o seu quadro que é o Metabolise, você pode falar um pouco dele?

Lise Oliveira – A gente está retomando agora o Metabolise com uma linguagem bem mais moderna, antes eu fazia com a câmera do meu próprio celular, mas agora eu tenho um cinegrafista, tenho um editor, então todas as semanas aos sábados você consegue esse conteúdo através do Chegue Mais, durante a semana está na programação também de segunda à sexta, no universo vai o Metabolise, no Aratu Online também tem, nas minhas redes sociais. A ideia é mostrar a minha rotina de treinos, a alimentação e também um pouco da questão da beleza, o meu cuidado com a estética do corpo. Eu sempre me preocupo com isso, porque eu acho que a valorização da mulher vem através da autoestima, quando a gente está com a autoestima elevada não tem ninguém que derrube a gente, então conto sempre com isso.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio