Marina Ruy Barbosa garante que sua personagem não vai mais morrer em Deus Salve o Rei: “Sinopses mudam”

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marina Ruy Barbosa estreia nesta terça-feira (09), na pele de Amália, protagonista de Deus Salve o Rei, nova novela das 19h da Globo. A atriz que esteve no evento de lançamento da trama numa sala de cinema no Rio de Janeiro comentou a polêmica instaurada a partir de uma notícia sobre a morte da personagem, e falou da sensação sentida ao estrelar um projeto tão inovador.

Leia também: O Outro Lado do Paraíso: Sophia consegue a guarda de Tomaz

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como é para você depois de toda essa preparação se ver na tela?

Emocionante porque é um trabalho de meses que estamos fazendo, e se ver ainda nessa telona é ótimo. O bom é que a história fica melhor a cada capítulo, e vai engrenando, então são só coisas boas que sinto. Uma novela que não para um segundo.

A gente percebe na história da Amália que ela vai abdicar muita coisa para viver um amor. Em sua vida, você chegou a abdicar de algo? Você acredita também que sua mãe deixou de lado a vida dela para se dedicar à você?

Olha, sempre que a gente entra numa relação a gente precisa ceder em algum momento, mas as melhores relações são aquelas que somam. Minha gratidão à minha mãe é imensa, porque é graças à ela, meus pais e minha família que estou aqui hoje, porque é uma carreira complicada, difícil. Sem ajuda e apoio deles, eu não teria conseguido.

Você acha que chegou onde você queria? Gostaria de conquistar mais alguma coisa?

Sempre tem algo, mas já me sinto muito grata porque com 22 anos, já realizei muitos sonhos, e tive muitas oportunidades pelas quais me sinto muito abençoada, mas claro, continuarei correndo atrás do que quero, estudando para alcançar meus objetivos.

Teve algum momento que você pensou em desistir da carreira?

Sinceramente não, nunca. Isso nunca passou pela minha cabeça porque sempre tive muita certeza de que minha carreira e meu trabalho sempre foram minha prioridade. Amo atuar e é isso o que quero fazer pelo resto da minha vida. Claro que existem momentos mais complicados, todo mundo passa por eles, mas aprendemos, ficamos mais fortes e preparados para o que vem pela frente.

Você acredita que essa transição de menina para mulher, na televisão, veio na novela Império, do Aguinaldo Silva?

Acho que sim, e sou muito grata ao Aguinaldo porque ele foi um cara que acreditou em mim num momento que eu precisava muito, e ele me deu uma personagem que tinha uma grande importância. Eu estava ali com o Alexandre Nero, Lilia Cabral, e era uma personagem super complicada, que era amante. Ele acreditou no meu trabalho como atriz e foi uma transição boa.

Você, a Tatá e a Bruna postam alguns stories no Instagram sobre a novela. Como são os bastidores?

Muito animado. A gente se diverte muito. No grupo de ‘Deus Salve o Rei’, sempre nos falamos. Sempre dei sorte de fazer trabalhos muito bacanas, mas essa novela em especial virou uma família, virou uma grande equipe em que todo mundo trabalha com muito amor, carinho e vontade.

Como está sendo para você contracenar com Chroma Key?

Eu já tinha feito Amorteamo, que tinha Chroma, mas fazer uma novela, que tem capítulo para ir ao ar todos os dias é mais complicado, e temos que trabalhar com a imaginação o tempo inteiro. Aquela primeira cena que eu caio, eu estava caindo num colchão e o fundo azul ao meu redor, mas é o que me desafia como atriz, me motiva e gosto de fazer personagens diferentes, em situações diferentes.

Se você tiver um filho, você vai se preocupar se ele como você quiser seguir alguma carreira artística tão cedo?

Olha, eu realmente comecei com 9 anos, e meus pais tinham certo receio sim, mas foi por vontade minha que entrei. Quando eu tiver filhos, vou querer que eles sejam felizes e façam o que queiram. Nunca abandonei meus estudos, fiz tudo certinho, prestei vestibular, mas eu vou apoiá-los no que quiserem, com carinho, cuidado e atenção para não deixar que o trabalho atrapalhe os estudos e outras partes da vida.

Você pretende ir para a Sapucaí este ano?

Não faço ideia (risos). Estaremos em gravação da novela e nem sei se teremos alguma folga. Eu pensei que minha última folga seria no Reveillon, e quis dar uma energizada.

O maridão assiste? Sente ciúme?

Ah, tem que assistir né? Ele assiste, gosta, me apoia.

Antes de estrear saiu uma notícia que a personagem iria morrer, e foi uma repercussão enorme. Você esperava por isso?

Eu não esperava essa comoção. Realmente sinopses mudam. Logo quando a gente começou a gravar a novela, estava mesmo na sinopse que ela iria ‘morrer’ e voltar algumas semanas depois, mas logo, o Daniel (autor) e o Fabrício (diretor) avisaram que ela não morreria. A sinopse mudou, e eu fiquei muito feliz com esse feedback, afinal, sempre queremos que as pessoas torçam pela personagem, e espero que todo mundo sinta essa energia e esse sol que é a Amália.

Você fica enaltecida por ter começado muito pequena e  ver atores como a Débora Olivieri entre outros, elogiando sua atuação, seu jeito e profissionalismo?

Eu fico muito feliz com esse feedback dos atores com os quais contraceno, me espelho e admiro. Levo muito a sério o que eu faço, essa é a minha prioridade, e é isso que luto e quero desde os 9 anos. Talento não sei se eu tenho, mas vocação eu tenho muita.

Na novela você é uma plebeia, mas as pessoas te vêem como princesa na vida real…

A gente não pode rotular quem é plebeia, quem é princesa, creio que todo mundo tem um pouco de tudo. Tem momentos que sou mais menina, outros mais moleca e assim vai. Acho que cada um tem um pouco de tudo.

Você vai ter algum descanso depois da novela?

Estou na próxima novela do Aguinaldo, então não sei. Meu nome é trabalho (risos). Sempre vou querer estar com o Aguinaldo, todas as vezes que ele me convidar. Quando surgiu a oportunidade de participar de ‘Deus Salve o Rei’, o combinado já era fazer a novela do Aguinaldo, então, vamos ver se terei um tempinho para descansar, mas estou tranquila se não tiver.

Você é seguida por 22 milhões de pessoas. Como você lida com as redes sociais

Lido de maneira natural. Procuro não ficar noiada, pensando muito. Não tenho muito o que esconder, nem vejo necessidade, claro que tem coisas que a gente prefere não postar para ter momentos só nossos, mas acabo postando tudo o que tenho vontade e acho bacana.

* Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio