Marcelo Serrado revela como ensinou beijo técnico à Mariana Santos: “Abre a boca e beija”

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso com o bandido Malagueta em Pega Pega, Marcelo Serrado só tem motivos para comemorar. Na trama de Claudia Souto, seu personagem é um dos que continua amarrando a história do roubo, contada nos primeiros capítulo da novela. Em conversa com o Observatório da Televisão, o ator falou sobre Malagueta, sua parceria com Mariana Santos, e sobre seus projetos futuros que incluem um programa de TV com a atual parceira de cena.

Leia também: Cris Vianna é avaliada por jurada com quem teve saia justa na Dança dos Famosos

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como está a repercussão da novela?

O pessoal fala bastante na rua que querem pegar o Malagueta. Pelo menos na ficção precisa acontecer alguma coisa com esse personagem que comete crimes. Se ele vai se dar bem ou mal, ainda não sei, porque não sei o final dele. Acabei de gravar uma fuga. É isso que eu posso adiantar.

Por enquanto vimos que ele está se dando bem, né? 

Os próprios comparsas dele estão começando a desistir vendo que o cerco está se fechando.

Você está feliz fazendo a novela?

Adoro fazer a novela, é divertida, um elenco ótimo e me divirto bastante.

A atuação da Mariana Santos foi uma grande surpresa?

Sempre admirei a Mariana, e a achei uma grande artista, acredito que ela só precisava de uma oportunidade. Sempre brinco com ela que ela vem da linha de shows. Na primeira cena de beijo, ela perguntou: “Como é que beija?”; e eu disse: “abre a boca e beija”. A gente brinca muito, ela é muito esperta em cena, tem uma inteligência impressionante. É um talento essa menina.

Como foi pra você construir esse novo Malagueta?

Fui numa linha de sutil do vilão, de repente ela (novela-trama) começou a me jogar para um lado, porque novela é isso. Temos que estar preparados para as mudanças.

Como é a repercussão nas ruas?

Muito grande! A novela tem um público fiel. Outro dia me impressionou muito um monte de crianças me pedindo para tirar fotos, me chamando de Malagueta.

Você assiste à novela?

Assisto pelo Globo Play.

Aconteceu recentemente o ataque racista à Titi, filha do Bruno Gagliasso e da Giovanna Ewbank, e você postou uma foto dela com seus dois filhos dizendo que todo mundo é igual…

É um absurdo né? A internet tem uma coisa muito perigosa, que é dar voz para pessoas assim, idiotas. Lá as pessoas ficam muito agressivas, e temos que apoiar aquilo o que é certo.

Seu dia precisaria ter 48 horas, né? Porque você está no teatro, na novela e você também emendou Velho Chico e Pega Pega, não foi?

Foi, eu terminei Velho Chico, em Outubro, e em Janeiro eu comecei a preparação para Pega Pega. Vou dar um tempo de TV agora, vou fazer alguns filmes como o  Crô 2, que começo a gravar em Janeiro, em março volto com minha peça, e vou dar uma viajada com minha mulher e com os filhos.

Já tem algum projeto futuro para a TV?

Vou fazer a novela do Aguinaldo Silva, então, só volto ao ar no segundo semestre de 2018.

Você sempre foi um ator inquieto?

Sempre! Gosto muito de fazer meus projetos, e estou tendo a oportunidade de fazer alguns filmes, acabei de rodar o do Chacrinha, e estão me sondando para alguns projetos de série na TV Globo.

O Viva tem reprisado alguns trabalhos seus. Você gosta de se ver?

Não, não gosto. Acho muito ruim.

Tem um meme seu rolando na internet dizendo que você é um vampiro, porque não envelhece…

Engraçado, porque outro dia encontrei um amigo meu das antigas num restaurante e ele falou isso. Mas eu envelheço, tenho um monte de cabelo branco, deve ser algum gene, porque meu irmão tem 60 anos, e parece bem mais jovem. Eu não uso nada, uso o sorriso. Não levo a vida tão a ferro e fogo.

Você é vaidoso?

Sou vaidoso, uso filtro solar, um cremezinho, mas nada muito extremo.

Tem algum personagem que você considera marcante?

Vários. Velho Chico foi um personagem marcante, a loucura do Carlos Eduardo. O Crô nem se fala, e agora estou trabalhando em Pega Pega junto com o Félix (risos). Imagina Crô e Félix terminando juntos? Seria genial. Quando fui trabalhar com o Mateus Solano, rolaram muitos memes disso, é um grande artista esse menino, ele sabe tudo.

Nos bastidores falam que você é econômico. Isso é sério ou é brincadeira?

Brincadeira, mas sou um pouco sim. A Ingrid Guimarães me chamou para participar do Além da Conta, programa dela no GNT, e eu falei: “O que estou fazendo nesse programa se eu nem consumo”?  Ah, eu e a Mariana Santos vamos fazer uma coisa no GNT também, um projeto que mistura entrevista com entretenimento. “Malapia” pegou.

A novela O Outro Lado do Paraíso está tocando no assunto do nanismo e você abriu as portas para o Gigante Léo, né? 

Ele é um grande ator. Eu não o projetei, só dei uma força, mas é um cara que sabe tudo e merece o espaço dele.

Saíram boatos que você estará na próxima temporada do PopStar

Sim, vou fazer o PopStar. Eu canto há algum tempo, e toco gaita. Estou escolhendo umas músicas, mas vai ser uma brincadeira gostosa. Na televisão, a gente trabalha tanto que vai ser um momento de diversão. Acho que vou sair na segunda semana, porque estou escolhendo músicas bem clássicas, como Frank Sinatra.

Como foi seu 2017?

Foi ótimo, só coisas boas acontecendo e trabalhando. Só peço isso, trabalho e saúde.

*Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio