Leopoldo Pacheco sobre Fred Sem Alma, seu personagem em Novo Mundo: “Ninguém me reconhece na rua”

Publicado há 4 anos
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nossa reportagem conversou com Leopoldo Pacheco que falou de seu personagem o pirata inglês, Fred Sem Alma, em Novo Mundo, nova novela das seis. Confira o papo:

O que você achou de ficar careca para o personagem? É preocupado com aparência?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu acho que essas coisas me interessam muito, quanto mais conseguir mudar melhor pra mim. Então, quando eu vi o desenho do personagem eu falei: ‘Nossa, esse eu topo fazer de qualquer jeito’. A proposta de ficar careca, de ter um sotaque inglês, isso tudo foi muito interessante.”


Seu personagem tem tatuagens na cabeça. São demoradas para fazer?

“Essas tatuagens a gente tem que fazer e tirar todo dia. Leva uma meia hora, aí hoje eu deixei.”

Qual o tempo total para a caracterização do seu personagem?

“Uma hora, uma hora e meia demoro na caracterização. Tem os desenhos na cabeça, na mão, no corpo.”

E qual é a história do Fred Sem Alma?

“Fred Sem Alma é um ex- militar inglês. Ele e Thomas (Gabriel Braga Nunes) foram militares juntos. Eles têm uma história no passado. E quando o Fred Sem Alma assalta o navio imperial, encontra o Thomas, a partir daí vai começar a história deles que eu não sei ainda como vai ser.”

Como é fazer parte desse universo dos piratas?

“Acho que a gente acaba se sentindo um pouco moleque né, eu digo que quando eu estou lá no barco, lá no set, a impressão que eu tenho é que eu sou um garoto e que to brincando de Forte Apache. ‘Invasão Pirata’, aí a invasão pirata acontece, ‘luta de espada’, aí todo mundo luta. ‘Vamos saquear o navio”, todo mundo saqueia, então é uma diversão para o ator. Diversão no melhor sentindo do profissional, né. A possibilidade que você tem de ter um cenário como esse, uma estrutura estética de figurino, cenografia, de caracterização, música nesse nível, é um prazer incrível. Nem eu imaginava que fosse tanto.”

Você tem muitas cenas de ação. Como foi a preparação?

“Muita aula. Treinamento físico, esgrima, luta, prosódia, a gente fez um treinamento longo.”

Como é na vida pessoal estar com visual tão diferente?

“Por um certo lado tem uma certa alforria mudar tanto assim, porque as pessoas não te reconhecem até a novela entrar no ar. Como eu estou muito diferente, ninguém reconhece.”

Você está atualmente só com a novela, ou está com outros projetos paralelos?

“Agora só com a novela, eu estava fazendo meu espetáculo, Para ‘Tão Longo Amor’, com a Regiane Alves, que também está em outra novela, agora a gente deve retomar. Eu faço o começo da novela, vou preso e sumo por um período. Não sei quando eu volto.”

Entrevista realizada pelo jornalista André Romano

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais