Jeniffer Oliveira reflete sobre personagem de Malhação e afirma sobre polêmica na vida pessoal: “Me fez amadurecer muito”

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por André Romano

Destaque como a Flora de  Malhação — Vidas Brasileiras, a atriz Jeniffer Oliveira concedeu uma entrevista ao Observatório da Televisão e falou sobre a repercussão da personagem nas ruas, semelhanças ela e, é claro, sobre a polêmica envolvendo seu ex-namorado, Douglas Sampaio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Kayky Brito posa careca e surpreende fãs

Qual analise você faz da postura da Flora?

A Flora desde é um presente pra mim, ela é linda, doce e delicada. Ela tem essência de menina. Coisas que a gente perde um pouco com o tempo, muito por conta das coisas da vida de ter que ser mulher em várias situações. Mas, de alguma forma o mundo cobra isso da gente. Então eu resgatei esse lado mais menina com ela.

Você acha que ela está amadurecendo ou evoluindo?

Sim. Ela está mais menina, está se encontrando, tendo mais vaidade, namorando. Ela está em outra fase.

Você acha que os acontecimentos na família serviu pra deixar ela pilhada?

Ela encontrou uma maneira incrível de lidar com isso, como a arte, que é uma das coisas que ela gosta. Eu até me identifico com este momento dela de saber tirar coisas boas de situações ruins. Tudo é do jeitinho dela, se por um lado ela está triste com a separação dos pais, ao mesmo tempo ela está dando apoio ao irmão. Ela tem várias camadas e isso é muito legal.

Flora (Jeniffer Oliveira) em Malhação: Vidas Brasileiras (Divulgação/ TV Globo)

Jennifer revela que Tom Karabachian é um grande parceiro de cena

Ela tem exposto um pouco da sua arte, isso é uma mudança, né?

Sim, era uma coisa que ela não estava disposta a fazer mas os amigos a influenciaram a fazer tudo isso. E foi importante pra ela, apesar dela acreditar em seu trabalho, ela não expunha. É algo muito dela, é algo muito íntimo, ela tem uns limites em relação as pinturas e desenhos.

E sobre ela formar um casal tão querido com o Tito?

É um casal que tem muita química. É muito bom poder trabalhar com alguém que a gente gosta, criamos um vínculo de amizade, cumplicidade e generosidade fora de cena. Tenho muita troca com o Tom Karabachian.

Você acha que pode surgir uma terceira pessoa ali entre eles?

Relacionamento é uma coisa difícil. Ainda mais na idade deles, quando está tudo à flor da pele. Existe uma urgência pra tudo. Tudo pode acontecer, ainda mais por ser uma obra aberta onde tudo acontece a todo momento. Tem coisas que a gente fala que nunca faria e após um dia a gente acaba fazendo.

Tito ( Tom Karabachian ) e Flora ( Jeniffer Oliveira ) em Malhação: Vidas Brasileiras (Divulgação/ TV Globo)

Quando você era adolescente e tinha por volta dos 15 anos, você vivia como ela?

Eu vivi muito à flor da pele, mas nunca vivi algo que mexesse tanto comigo. Demorei para entrar nessa fase de pensar em meninos. Sempre fui muito focada em trabalho, comecei aos sete anos, eu demorei para a amadurecer em relação a isso. Amadureci em algumas coisas e regredi em outras. Mais para frente fui pensar no que eu queria pra mim quando o assunto é relacionamentos.

A atriz analisa os últimos acontecimentos na sua vida pessoal e afirma amadurecimento

Você acha que foi por causa dessa sua força com as adolescêntes que te deu coragem para denunciar a agressão?

É um assunto delicado, não gostaria de falar muito sobre isso. Todo mundo pergunta, todos querem saber sobre isso. Eu já falei muito no meu instagram porque considero esta rede social uma porta muito importante para a gente falar o quiser e na hora que quiser, seja ela boa ou ruim.

E eu resolvi usar o meu instagram para levantar uma bandeira que é interessante de ser levantada. Isso me fez amadurecer em muitas partes, me deu uma força maior sim, me fez aproximar de pessoas para falar sobre isso. Nunca imaginei numa situação dessa, foi uma corrente de coragem que tem que continuar. Foi muito bom saber que as mulheres são unidas, eu não tinha noção desta força. Estamos ai pra isso, lutar e semear coisas boas.

O que você espera de um relacionamento a partir de agora?

Na verdade o que eu espero não é muito diferente do que eu esperava. Eu espero respeito, amor, cumplicidade, coisas básicas de um relacionamento, mas, que muitas vezes colocar isso dentro de uma relação no dia a dia é muito difícil quando você se relaciona com uma pessoa que não bate e que você se envolve por persistência, achando que vai mudar alguém, mas a verdade é que a gente não muda ninguém e temos que lidar com a realidade. Hoje é neste lugar que eu me coloco.

Quando o assunto é relacionamento ela é bem direta

Já está vivendo um novo amor?

Não. Estou zero pronta. Não quero um novo amor nem tão cedo. Meu amor é meu trabalho.

Paulo ( Felipe Rocha ), Gabriela ( Camila Morgado ), Alex ( Daniel Rangel ), Mel ( Maria Rita ) e Flora ( Jeniffer Oliveira ) (Divulgação/ TV Globo)

Seu personagem foi eleita o personagem mais fofo dessa Malhação. A que se deve isso?

Ela é muito fofa, eu me encanto muito com ela. Ela não tem vontade de ser mulher, ela usa o que tem vontade, ela é uma pessoa que você pode esbarrar na rua, ela é natural. Acho que isso a aproxima das pessoas.

A Flora usa o desenho para extravasar, e você, faz o que?

Eu gosto de extravasar trabalhando muito. Eu comecei muito nova, não sei o que seria de mim se eu não estivesse trabalhando. Gosto de estar com amigos e família, ler um livro, coisas simples do dia a dia me fazem me sentir bem.

E como tem sido o carinho dos fãs?

É incrível, eu tive um carinho muito grande em relação a tudo o que aconteceu, recebo muitas mensagens lindas, as coisas boas tem prevalecido.

Atriz de Malhação, Jeniffer Oliveira revela apoio após denunciar agressão: “As mulheres estão realmente unidas”

Jeniffer Oliveira, antagonista da novela teen Malhação — Vidas Brasileiras, voltou a comentar o episódio em que denunciou o ex-namorado, Douglas Sampaio, por agressão física e verbal. Em entrevista ao jornal Extra, a estrela global destacou apoio de outras mulheres na luta.

“Falar sobre isso foi bom para mim. Porque muitas mulheres que passam por isso acham que estão sozinhas. Isso pode acontecer com qualquer um. Eu nunca imaginei que isso (a agressão) fosse acontecer comigo e aconteceu. É uma bandeira que tem que ser levantada. Foi muito bonito ver que as mulheres estão realmente unidas”, disse.

** Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio