Hylka Maria fala sobre eliminação do Dancing Brasil: “Achei prematura a minha saída”

Publicado há 3 anos
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois do sucesso avassalador como a Alessia em “A força do querer”, a atriz Hylka Maria voltou à TV na 3ª edição do “Dancing Brasil”, competição de dança apresentada por Xuxa na TV Record onde teve uma jornada linda, mas infelizmente foi eliminada na última quarta-feira, quando fez apenas 24 pontos e teve de passar pela temida Zona de Risco, onde obteve apenas 20% dos votos a seu favor e teve de se despedir da disputa por 500 mil reais. A atriz falou com o Observatório da TV sobre a sua eliminação, confira:

“Não podemos esquecer que o programa não é apenas uma competição de dança, mas também um reality show. São muitas variantes envolvidas. Ainda não me enxergava na final, mas confesso que achei prematura a minha saída se olho para o panorama da minha evolução e do quanto eu ainda poderia evoluir se continuasse. Fiz grandes amigos e saio do programa sendo uma atriz com muito mais consciência corporal. Falar em atriz, é dela o meu foco agora. Lembrando que esse sempre foi e sempre será o meu real ofício.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sobre a relação com a Xuxa:

“A Xuxa sempre foi muito acessível e muito afetuosa com todos nós. Sua empatia é verdadeira, ela entende todas as nossas dificuldades no processo. Receber o carinho dela antes de entrar no palco sempre foi uma delícia!”

E ainda quais são seus próximos planos / sonhos / metas:

“Como desde “A Força do Querer” vi que minha vida tomou um rumo diferente do que eu planejava, aprendi a viver dia após dia, observando que portas vão se abrindo durante minha caminhada. Mas, em breve, estarei no ar em ‘Os Suburbanos”, no MultiShow, numa participação super bacana, e protagonizo a série argentina “Tras las puertas”, de Sebastian D’Angelo, que ainda está sendo negociada com canais para exibição. A vida é sábia e eu hoje prefiro fluir com ela, dançando a música que ela me propuser. ”

Sobre a torcida dela daqui pra frente:

Como provei de perto os desafios diários, o esforço físico e mental a que todos nos sujeitamos, e por, principalmente, ter criado laços de amizade muito potentes, não conseguiria escolher só um entre eles para torcer. Todos ali merecem.

Hylka Maria fala sobre fim de contrato com a Globo e ida para o Dancing Brasil

Sobre o ritmo mais difícil que dançou ao longo da participação no programa:

Os ritmos que eu mais tive dificuldade foram os clássicos: foxtrote e quickstep. Pela postura mais delicada, com a qual eu não me identifico.

A atriz aparecerá novamente na TV ainda este ano, na série “Os Suburbanos” do Multishow, e estuda novos projetos para rede aberta.

  • por André Junior
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio