Hylka Maria adianta detalhes sobre personagem em Jezabel: “Dotada de muito cinismo e ambição”

Publicado há 2 anos
Por André Júnior
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Hylka Maria, atriz que conquistou notoriedade após participar de A Força do Querer está prestes a iniciar mais um desafio na Record TV. Ela estará em Jezabel, novo folhetim bíblico da emissora. A última aparição da atriz na TV foi no reality show Dancing Brasil.

Em Jezabel, Hylka interpretará Getúlia, uma cidadã fenícia que promete ser odiada por grande parte dos telespectadores. A trama está prevista para estrear em março. E contará  ainda com Lidi Lisboa, Eduardo Pellizari, Mônica Carvalho, Juliana Xavier, André Bankoff e Sthefany Brito.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Supergirl | Sonhadora entra em ação em nova prévia da 4ª temporada

Jezabel marcará a sua estreia em uma novela da Record TV e também em uma obra bíblica, certo? Como são os preparativos para uma ficção religiosa?

“Na verdade, em 2016 fiz uma participação de alguns capítulos na segunda temporada de Os 10 Mandamentos, como a princesa Aviva. Ela se casava com Zur (Dudu Azevedo). Os preparativos vão desde a mudança do comprimento do meu cabelo (que foi alongado) até um profundo estudo sobre a época em que ocorre a história, costumes e política do povo fenício”.

O fato de interpretar uma personagem conhecida por milhares de pessoas lhe traz mais preocupações para atuar?

“Não sei se uma preocupação, mas talvez um cuidado maior. Até por ser uma historia retirada da Bíblia e por esses personagens realmente terem existido. A história de Jezabel não se trata de uma fábula ou uma parábola”.

Personagem

O que você já sabe sobre a sua personagem e pode nos contar?

“Getúlia é uma serva fenícia que pode ser vista como uma odiável vilã dotada de muito cinismo e ambição. Ela tem um caráter tão questionável e perverso que, muitas vezes, se utiliza de mentiras para conseguir o que quer. Posso adiantar que no decorrer da série ela estará envolvida em muitas intrigas e conflitos”.

Jezabel (Lidi Lisboa) era uma mulher forte e a frente de seu tempo, você acha que essa nova produção da Record TV pode inspirar o povo nos dias atuais também?

“Acho que a arte tem essa premissa e essa função. Tocar o espectador e faze-lo repensar. A história de Jezabel está recheada de personagens com conflitos distintos entre si e o bacana é a gente enxergar que ainda que estejamos em 2018, repetimos padrões psicológicos de pessoas que existiram antes de Cristo. Mesmo Jezabel, tida como ‘a rainha má’ teve seus gatilhos emocionais acionados em sua juventude que a tornaram a mulher vil e cruel em sua vida adulta”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio