Fernanda Keulla não se incomoda em ser chamada de ex-BBB: “Foi o programa que mudou a minha vida”

Publicado há 3 anos
Por André Romano
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fernanda Keulla, de 31 anos, vencedora da 13ª edição do BBB, parece que nasceu com o chip da alegria embutido dentro de si. Ela é de um carisma sem igual. E, isso fica nítido em suas entradas como repórter dessa edição do BBB18, no qual divide o posto com a também querida Vivian Amorim.

Fernanda Keulla se destaca como apresentadora do Rede BBB

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em uma conversa exclusiva com nossa reportagem, Fernanda fala um pouco de sua trajetória profissional e diz que não tem problema nenhum em ser rotulada como ‘ex-BBB’. “O BBB foi o programa que mudou minha vida pra melhor, sem contar que me proporciona atualmente trabalhar com o que eu mais amo”, sentencia.

Após contratar Vivian Amorim e Fernanda Keulla para o BBB18, Rede Globo esquece Emilly Araújo

Deus sempre escolhe a estrela que deve brilhar, e parece que Fernanda foi contemplada por ele.

Confira o papo:

Como surgiu o convite para ser a repórter oficial do BBB18?

“Fui convidada pela produção para fazer um teste para o programa e fui aprovada.”

Você foi a campeã da sua edição. O que mudou em sua vida desde o anúncio do Bial, no qual revelou que você seria a mais nova milionária do Brasil?

“Minha vida mudou completamente pra melhor! Pude ajudar minha família com o prêmio, mas o meu maior presente foi ganhar o carinho das pessoas que, desde então, me acompanham e torcem por mim. Após o término do BBB, me dediquei realmente ao que eu amo fazer: comunicação. Comecei no Multishow no ‘A Eliminação’, depois apresentei atrações na Globo Minas, o ‘Pratos e Panelas’ e o ‘Moda e Estilo’, entre outras experiências na TV, até me tornar apresentadora de quadros no BBB. Estudar e fazer aquilo que amo é uma realização pessoal imensa. É ter muito mais motivos para ser feliz!”

Você tem experiência no vídeo. Já apresentou dois programas na Globo Minas, ‘Pratos e panelas’ e ‘Moda e estilo’. Bateu alguma insegurança em ser convocada para ser repórter dessa edição?

“Eu nunca tinha feito reportagens na rua, portanto me preparei bastante para estar mais segura. Já fazia fono, improviso e preparação técnica em São Paulo. Assim que passei no teste, especifiquei meus estudos para o projeto. Minha fonoaudióloga e meus diretores Nilo Maia e Vanessa Mesquita, aqui no Rio, são muito parceiros, e me ensinam muito. A preparação somada à resposta positiva do público dão forças para fazer cada vez melhor.”

Como está sendo a sua rotina no Rio de Janeiro?

“Minha rotina está sendo de muito trabalho entre a gravação dos flashes para a TV e a apresentação dos programas, ao vivo, na web. Somados com minhas aulas de fono e coach para estes trabalhos, sobra pouco tempo. Nas horas vagas gosto de relaxar, ver minha família, estar com os amigos.”

E o carinho do público?

“O carinho do público é a força que me motiva, é a grande benção de Deus na minha vida!”

As pessoas gostam muito de rotular as pessoas. Você se irrita por ser intitulada como ‘ex-bbb’?

“Jamais! O BBB foi o programa que mudou minha vida pra melhor, sem contar que me proporciona atualmente trabalhar com o que eu mais amo.”

O que você está achando dessa edição do BBB?

“Fantástica! Os participantes são muito engajados no jogo e a equipe de produção está fazendo um trabalho incrível! Dá gosto assistir e também trabalhar neste projeto.”

Você concorda que dizem que essa edição é uma das melhores dos últimos 10 anos?

“Como fã do programa, eu acho todas as edições maravilhosas. Me divirto com todas, mas concordo que esta é bastante especial. Os participantes são todos muito ativos no jogo, cada um com seu jeito de ser.”

Como está sendo essa experiência de estar do outro lado (não mais como participante)?

“É uma experiência que me permite aprender muito e estar com grandes profissionais. Toda a equipe (direção, produção, pós-produção, figurino, elenco etc) contribui muito para meu crescimento pessoal e profissional. E assistir ao programa por esta perspectiva é reconhecer a enorme entrega da equipe e do público, e valorizá-los cada vez mais.”

Do que você sente falta da sua edição?

“Da nossa convivência na casa, das festas, dos momentos de descontração e carinho, que só quem está lá dentro consegue compreender.”

O que tira você do sério?

“O que me tira do sério é a situação social do nosso país. O Brasil é um país lindo, cheio de riquezas e com um povo trabalhador. Temos tudo para viver bem, felizes, seguros, estudando e trabalhando com dignidade.”

Você está sendo muito elogiada por seu trabalho à frente das câmeras. Como você lida com as críticas?

“Minha família me ensinou a saber ouvir críticas e torná-las construtivas, mesmo quando não são. Procuro usá-las como objeto das minhas aulas para melhorar cada dia mais. O caminho da sinceridade e honestidade pode ser cruel, mas é aquele que te faz crescer e ser cada vez mais feliz.”

O BBB 18, já está em sua reta final. Qual o balanço que você faz dessa edição?

“Um enorme sucesso!”

Quais são seus projetos após o BBB?

“Meu principal projeto é me dedicar ao máximo a este BBB até o final. O programa termina no dia 19, e até lá tenho muito trabalho pela frente, e é nele que quero concentrar todas as minhas energias. Após este período vou dedicar uns dias à minha família e às novidades que estão por vir.”

Como campeã de uma edição, qual a dica que você daria para os brothers que ainda estão confinados?

“Curtam bastante o programa. Joguem, mas não deixem de usufruir um minuto que seja da casa e dos brothers! É uma experiência única e que tem que ser vivida intensamente!!!”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio