Bruno Gagliasso sobre Sol Nascente: “Elenco mais unido que já trabalhei”

Publicado há 4 anos
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bruno Gagliasso conversou com nossa reportagem e revelou detalhes de seu futuro profissional na TV.

Atualmente, o ator está na reta final da novela Sol Nascente, trama na qual vive o protagonista Mário.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira o papo:

Balanço de ‘Sol Nascente’

“Sem dúvida nenhuma é um trabalho, de verdade, acho que é a equipe mais unida, o elenco mais unido, a direção mais unida com que eu já trabalhei. Todo mundo numa sintonia muito grande. Acho que isso faz o trabalho ficar mais prazeroso. É isso.”

Maturidade emocional e profissional

“Não sei, maturidade em que sentido, emocional? Eu não sei, mas acho que já tenho percebido isso na chegada dos 30. Acho que eu tenho percebido há um tempo já.”

Férias

“Graças a Deus, eu preciso de férias. Vou viajar muito, vou pra Noronha, pra serra, quero curtir um pouco. Enfim.”

Maturidade com a paternidade

“Na verdade foi o que eu falei, eu estava falando da emocional mesmo. Acho que a maturidade material é a que menos importa.”

Rótulo de galã

“Adoro ser elogiado, quem não gosta de ser. Acho uma hipocrisia dizer que não. Marlon Brando era galã, James Dean era galã, Leonardo DiCaprio é galã. Acho que quem não gosta de rótulos não gosta de ser elogiado. Isso não interfere no seu trabalho, pelo contrário. Eu adoro um elogio.”

Multifacetado na profissão

“Eu acho que tudo é questão de oportunidade e escolha, né? Eu acho que você saber escolher os personagens é muito importante. Eu procuro escolher bons personagens e eu gosto dos que têm conflitos. Eu gosto de problematizar muitas vezes até onde não tem. Acho que não existe uma maneira única de ser, acho que nós somos cada um.”

Uma maneira única de ser um galã, uma maneira única de ser um vilão, uma maneira única de ser um esquizofrênico…

Não tem fórmula.

A paternidade e o emocional

Acho que como ser humano, se te enriquece como ser humano, te enriquece como ator, como empresário, como marido.

Titi, amada por todos!

“Acho engraçado, bacana pra caramba. Eu fico feliz. É muito bom saber que sua filha é querida e é admirada por todo mundo.”

Querido da publicidade

“Eu procuro me envolver em causas e marcas que eu acredito. É assim com os meus negócios também, eu não tenho nenhum negócio que eu não respeite. Eu acho que tudo na vida tem que ter coerência. Vocês jamais vão me ver fazendo propaganda de uma coisa que normalmente eu não use ou não respeite ou não goste. Eu acho que serve pra minha vida também. Acho que as pessoas perceberam isso.”

Um cara abençoado

“Sem dúvida. Olha quanta injustiça a gente vê no mundo, quanta gente precisando. Acho que no mínimo o que eu posso fazer é retribuir.”

Sem arrependimentos

“Todo mundo se arrepende de alguma coisa. Mesmo eu me arrependendo de alguma coisa, eu tenho certeza que me contribuiu de alguma maneira pra amadurecer, pra crescer ou pra aprender de fato como é que se faz. Se você quer aprender, você aprende com tudo. Com os acertos e com os erros.”

Causas humanitárias

“Eu acho que eu procuro fazer de alguma injustiça algo bom. E se eu posso levantar uma questão só me deixa feliz. Eu quero mais é que as injustiças diminuam. Se eu posso ajudar de alguma maneira, eu procuro ajudar. Como ator, como ser humano, como pai, como filho, como marido.”

Um grande empresário

“Eu não me vejo como um empresário, eu me vejo como um realizador.”

Entrevista realizada pelo jornalista André Romano.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais