“Aquilo estava me deixando louca”, relata Faby Monarca sobre seguir regras de outra família no Troca de Esposas

Publicado há 2 anos
Por André Júnior
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Faby Monarca, casada com o músico Enrico Mansur, encarou o desafio de conviver com uma família de estranhos para o reality show Troca de Esposas, da Record TV. Ela trocou de lugar com Rosane, de 45 anos, uma mulher que adora andar de moto e não liga muito para os afazeres domésticos.
 
O episódio rendeu bons momentos mas teve o seu ápice apenas no final da atração, quando as mães se conheceram e sentaram para as declarações finais ao lado de Ticiane Pinheiro. O clima esquentou e rolou um bate boca entres as mãezonas. Em entrevista ao Observatório da Televisão, Faby comentou sua participação no reality e as desavenças com Rosane.
 
 
Faby, você gostou de participar do Troca de Esposas? A chef Aritana, por exemplo, disse ter detestado a experiência. 
 
“Eu amei passar por essa experiência, me acrescentou muito e acredito ter acrescentado algo bom para a outra família também”. 
 
O que foi mais difícil para você, ter de seguir as regras de uma família que você não conhecia ou ter de impor as suas ordens à mesma?
 
“Ter de seguir as regras da outra família foi muito mais difícil, porque eu queria limpar, arrumar, organizar e nos 3 primeiros dias não podia fazer nada. Aquilo estava me deixando louca. Ter que ver aquela sujeira toda e não poder limpar, sem dúvida nenhuma foi muito mais difícil”.
 

Faby Monarca comenta troca de farpas com a outra mãe do programa

 
A reunião final gerou muitos comentários nas redes sociais. Você e a esposa motoqueira ao se encontrarem, trocaram algumas farpas. Como encerrou o último quadro do programa? O clima ficou pesado? 
 
“Sim, eu me exaltei porque ela (Rosane) falou que eu não fazia as coisas na casa dela. Ela também não fazia e quis dar lição de moral sem ter essa moral toda, falou dos bilhetinhos e não vi esses bilhetinhos na casa dela. Ela também falou sobre comer na mesa todos juntos, mas nem comida ela fazia para eles comerem juntos. Rosane também criticou quando soube que eu pedi para o namorado da minha filha vir na minha casa pedir ela em namoro, mas que pai e mãe não querem isso?! Eu fui criada à moda antiga e prezo por esses valores de respeito aos pais. Ela disse que eu prendo muito minha filha, mas não é bem assim. Ela sai com o namorado todo final de semana no shopping ou em algum evento só eles e não a proíbo. E que não deixo é uma menina de 16 anos por aí indo a lugares que não convém pela idade. Para mim, isso não é prender e sim prova de amor. O mundo está perdido se não cuidarmos dos nossos filhos, quem cuidará?! Lembrando também que ela só tem filhos homens e não tem experiência nenhuma na criação de uma menina e sobre a limpeza nem preciso mais falar, as imagens mostram por si só”. 
 

Outro reality

 
Depois desta exposição, você aceitaria participar de outro reality show, por exemplo o Power Couple Brasil com o Enrico? 
 
“Eu amo reality show porque assim posso ser eu mesma e pelo pouco que viram, mostrei que não uso máscaras. Você tem que falar o que pensa doa a quem doer, não é uma câmera que vai mudar meu gênio forte e temperamento. Eu concordo que sou meio ríspida às vezes, mas sou uma ogra do coração bom. (risos). Mas, sobre ir com o Enrico a um reality acredito que seria bem agitado se nós entrássemos”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais