Após ganhar visibilidade como cantor no PopStar, João Côrtes revela que vai lançar disco, canal musical no Youtube e fazer shows

Publicado há 2 anos
Por Cris Veronez
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aos 23 anos, João Côrtes já explorou diversas vertentes artísticas. Fez sucesso como garoto propaganda de uma marca de telefonia, atuou em novelas, séries e peças de teatro. Mas agora vai investir pesado na música. Isso porque ele ganhou uma boa visibilidade como cantor com o programa Popstar, reality musical da Globo, do qual foi vice-campeão.

Em entrevista ao Observatório da Televisão, ele falou sobre seus projetos profissionais para 2019. “Tenho um plano de lançar um disco agora e estamos calculando estratégias de como fazer isso.  De qualquer forma, terei um canal no Youtube em que vou colocar covers meus e cantar músicas autorais também. É um canal totalmente musical. Vai ser bem bacana, porque vou poder atender pedidos do público, de músicas que eles querem ouvir na minha voz, com uma produção legal”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Shaun, o Carneiro 2 | Protagonista é abduzido por aliens em teaser de sequência

O artista diz que chegou ao programa sem nenhuma pretensão de ganhar ou de chegar tão longe, e que se sente vitorioso por ter galgado o segundo lugar. A atriz e cantora Jeniffer Nascimento ficou em primeiro. Ele afirma que o Popstar lhe proporcionou um grande processo de superação, e que desafiou muitos medos ao vivo.

“Quando cheguei ao segundo lugar, senti como se já tivesse ganhado. No sentido de visibilidade, das portas que me abriram para a música, do lugar que a atração me colocou como artista de respeito… Para mim, isso já era o prêmio. Não desmerecendo a vitória, claro.”

Leia também: “É meio discípulo de Valentina. Doa a quem doer”, afirma Nany People sobre Marcos Paulo de O Sétimo Guardião

João considera que o programa foi um divisor de águas em sua vida.

“Foi uma experiência linda. Fiquei muito grato pelo que o Popstar me proporcionou, de conseguir levar esse meu lado musical, que é tão grande dentro de mim, para tantas pessoas. As pessoas adoraram minhas músicas e ficaram me pedindo para cantar outras coisas também. Vou sim investir na minha carreira musical. Tenho possíveis parcerias em mente.”

Para 2019, João Côrtes também tem projetos de teatro e cinema. Ele pretende voltar com a peça “Querida Quitinete”, de Moisés Bittencourt, que mostra os perrengues que três atores passam para seguirem o sonho de se manterem na profissão. Além disso, estará no filme “Eu Sou Mais Eu” (direção de Pedro Amorim), com previsão de lançamento para janeiro de 2019, que coprotagoniza ao lado de Kéfera.

“O filme fala sobre bullying. É lindo. Giovanna Lancellotti e Marcella Rica também estão no elenco. Eu e Kéfera coprotagonizamos o filme. Meu personagem é o melhor amigo dela, o irmão da vida”, adianta.

Bullying

E acrescenta, em seguida: “Acho que de alguma maneira as pessoas às vezes não entendem a importância e o peso da palavra bullying e a dor que ele realmente causa. Fala da dor, do desconforto, dessa dificuldade de não ser aceito e de não se enturmar. É bem atual”.

O ator afirma também que viveu uma fase delicada quando tinha cerca de 12 anos. “Acho que todo mundo já teve uma fase assim mais difícil. Era um menino de cabelo enorme, ruivo, que usava óculos e aparelho.” Hoje em dia, no entanto, os ruivos estão com tudo. “A gente trabalha duro para isso… Acho que o jogo virou”, diz ele, rindo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio