Alejandro Sanz descreve emoção de participar do especial Roberto Carlos: “Cantar com ele é um sonho”

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O especial Roberto Carlos: Muito Romântico contará com uma participação internacional: Alejandro Sanz. O cantor esteve nos estúdios Globo, no Rio de Janeiro, para gravar o tradicional programa de fim de ano no último dia 04 de dezembro.

Veja também: Ivete Sangalo comemora novo DVD: “Foi uma celebração minha com meus fãs”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No palco estruturado com modernos painéis de led e cortinas de contas, Roberto e Alejandro interpretaram Esa Mujer. Lançada este ano, a música foi composta por Key Garcia especialmente para o dueto.

Em entrevista ao Observatório da Televisão, o espanhol contou como foi a emoção de estar ao lado do Rei. “Ele nos dá uma vibração muito especial”, confessou Alejandro. A edição 2018 do especial Roberto Carlos será exibida no dia 21 de dezembro.

Finalizando o álbum El Disco, Alejandro também comentou sobre a parceria com Camila Cabello na faixa No Tengo Nada.

Já sobre Ivete Sangalo, sua grande amiga e parceira musical de longas datas, o cantor foi só elogios: “Ela é divina e uma mulher muito carinhosa”.

Vale lembrar que no último sábado (08), Alejandro participou da gravação do novo DVD da baiana, o Ivete Live Experience. O projeto audiovisual foi realizado no Allianz Parque, em São Paulo. Confira a entrevista na íntegra a seguir:

Especial Roberto Carlos

Como é cantar com Roberto Carlos?

“Roberto Carlos é como o Natal, que está com todos durante toda a vida. Ele nos dá um espaço, uma energia, uma vibração muito especial. É um senhor, no sentido amplo da palavra, maravilhoso e mágico. Para mim, cantar com ele é um sonho.”

Como surgiu o convite para participar do especial Roberto Carlos?

Quando ele me convidou eu estava cantando em seu Person Of The Year, no Grammy Latino (2015). Ele falou: ‘eu faço esse show todos os anos no Brasil’. E eu disse que quando tivesse um disco novo viria até o Brasil cantar com ele.

Você e o Roberto interpretaram a música Esa Mujer, composta por Kany Garcia. Qual a história dessa letra?

“A canção é uma conversa entre dois amigos. Um tentando consolar o outro que está muito triste porque perdeu a mulher, mas não quer esquecê-la.”

Como foi o processo da escolha da canção?

“Eu vim como convidado e com todo carinho do mundo. Então o que ele pedisse, ia sair bom. Não tenho nenhum problema. Eu me adapto.”

Novo álbum da carreira

O seu novo álbum, intitulado El Disco, contará com a participação de Camila Cabello na faixa No Tengo Nada. Fala um pouco dessa parceria.

“A canção No Tengo Nada fala um pouco de como todos nós queremos comprar a felicidade comprando coisas. No final, a única coisa da qual somos donos, na realidade, são das emoções. As pessoas que temos por perto, um abraço, um olhar, um beijo ou um filho (risos).

Não nos olhamos tanto. Se abraçássemos tanto os nossos seres queridos como os nossos celulares, seríamos mais confiantes para coisas básicas. Não nos aproximamos da nossa gente, não a olhamos, não damos a ela o devido tempo. Disso fala a música.”

O que o público pode esperar do álbum?

“O disco tem muitas coisas. É um disco bem eclético, não só músicas lentas. Músicas românticas só tem duas. No resto, há muita música italiana e cubana, porque tenho raízes cubanas. Então, com certeza, a minha parte mais flamenca aparece. No próximo ano já deve estar (lançado).”

Quando você fará novamente um show no Brasil?

“Haverá uma surpresa mais adiante. Estamos preparando algumas coisas para Brasil, preparando o ambiente para fazer show aqui porque já necessito há anos.”

O que vem na sua mente quando ouve a palavra: Brasil?

“Recordações muito bonitas e música. O Brasil é musical. Tenho muitos amigos queridos.”

Relação com Ivete Sangalo

Você participou da gravação do novo DVD de Ivete Sangalo. Como é sua relação com a cantora?

“Eu adoro a Ivete. Ela é divina e uma mulher muito carinhosa. Conheci ela no Rock in Rio Portugal, se não me engano. Nesse dia, cantou Sting, Alicia Keys, Ivete e eu. Ela foi tão carinhosa, veio falando das minhas canções.

Eu perguntei: ‘por que você conhece minhas canções? ’. Eu ainda não sei se era tão conhecido aqui (no Brasil) ou se conhecia algumas de minhas canções. Mas ela foi muito amável comigo. Considero ela muito talentosa e uma supermulher.”

Quem escolheu a canção Quisiera Ser para o DVD?

“Deixei para ela. Ela é mulher. Você acha que eu decidiria algo? (risos). Ela me disse: ‘vamos cantar Quisiera Ser’. E eu respondi: ‘sim’.”

*Entrevista feita pelo jornalista André Romano

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio