“A Record me deu a chance de ter outra profissão”, diz Ana Hickmann

Publicado há 3 anos
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mulher, modelo, esposa, apresentadora, empreendedora e mãe. Contratada da Record desde 2004, Ana Hickmann agarrou a oportunidade de deixar uma carreira bem-sucedida nas passarelas para se aventurar no mundo da TV e trilhar uma carreira de sucesso em frente às câmeras e também no mundo dos negócios graças ao seu carisma.

Ao lado de Paulo Henrique Amorim, Ana dava dicas de moda e beleza no extinto – e elogiado – Tudo a Ver, 2004, nas tardes da emissora. De um quadro sobre estilo em um programa jornalistico, Ana logo passou a formar uma parceria de sucesso nas manhãs do canal ao lado de Britto Jr. e Edu Guedes ainda na primeira formação do Hoje Em Dia, 2005.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na Record Ana também comandou um reality show, O Jogador, 2007, e entrou também para a guerra de audiência dominical ao assumir o Tudo é Possível com a ida de Eliana para o SBT em 2010. Em seguida partiu para o extinto Programa da Tarde, 2012, que chegou ao fim em 2015 promovendo o retorno de Ana ao Hoje Em Dia com Ticiane Pinheiro, César Filho e Renata Alves.

Durante o lançamento de mais um empreendimento com o seu nome, o Instituto Ana Hickmann – escolas profissionalizantes nas áreas da beleza, fotografia e moda sustentável – que tem como meta auxiliar na formação de profissionais, a apresentadora falou com o Observatório da Televisão sobre a sua carreira como apresentadora: “A Record me deu a chance de poder ter outra profissão. As pessoas precisam aproveitar as oportunidades”. 

Confira:  

Você voltou há poucos dias de uma viagem a Israel que se consolidou como um momento importante para a sua vida pessoal e também profissional. Como foi o retorno do público ao ver as suas matérias no Hoje em Dia mostrando uma região marcada por tantos conflitos?

Foi muito legal. As pessoas descobriram Israel como a cultura, a história, o turismo. Uma coisa que me encantou em Tel Aviv é que as pessoas se respeitam. Lá existe a maior comunidade gay do Oriente Médio. A gente continua com pautas no meu canal no Youtube também.

Você já está há um bom tempo na Record. Só de Hoje em Dia são mais de dez anos. Quando você olha lá pra trás, passa um filme na sua cabeça? Você passou pelo Tudo a Ver com o Paulo Henrique Amorim…

Sim, a gente começou em 2005.  Vamos fazer treze anos. Quando eu vejo isso tudo nem acredito que já fiz tantas coisas. Sou muito feliz e orgulhosa pelas coisas que eu consegui concretizar. A Record me deu a chance de poder ter outra profissão. As pessoas precisam aproveitar as oportunidades. O Hoje em Dia é maravilhoso, passei por diversas formações e formatos no mesmo programa que a cada ano se reinventa com novas ideias, novas histórias. Agora estou participando mais do hardnews, do jornalismo, coisa que antes eu não fazia. Tá sendo muito gostoso. Não pretendo levar o hardnews adiante. Eu gostaria de fazer um programa só com notícia boa, mas, infelizmente, não dá.

O Brasil passa por uma crise econômica, sentimos que os brasileiros são trabalhadores e buscam oportunidades. Como o Instituto irá auxiliar essas pessoas?

A minha meta com o Instituto é dar oportunidade às pessoas de conhecerem e aprenderem uma nova profissão. Assim como eu tive a chance de aprender várias profissões, porque alguém me ensinou ao longo da vida por necessidade, eu quero ajudar outras pessoas.  O ensino será inovador, rápido e diferenciado. Contaremos com diversos tipos de profissões, as quais fiz questão que constassem em nossa grade desde o início, mas ao longo do tempo pretendo incluir novas profissões. Meu objetivo é ajudar a sociedade a colocar novas pessoas no mercado de trabalho, bem como ajudar aqueles que estão fora a se recolocarem em uma nova profissão e assim terem uma nova expectativa de vida. Sei muito bem que muitas vezes a situação financeira do aluno não é boa e por isso introduzi o programa de bolsas, dentro dos cursos. Os cursos terão um preço justo e um ensino direto, atual, rápido, objetivo, avançado e certeiro.  Educação e trabalho!  Esse é meu grande sonho e meu objetivo. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais