A Fazenda 2019: Viny Vieira não interpretará mais o Gluglu e fala sobre morte de Gugu

Publicado há 9 meses
Por André Júnior
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O reality show A Fazenda 11 chegou ao fim para o humorista Viny Vieira, mais conhecido como “O Gluglu” do Programa Pânico. O peão foi eliminado da competição no programa ao vivo no último domingo (1), com apenas 25,04% dos votos – uma das menores porcentagens desta edição.

O humorista perdeu a roça que disputava contra a ex-BBB, Hariany Almeida – marcando então a última eliminação de um integrante do extinto Grupo Sol. Restam agora apenas peões do Grupo Lua no jogo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao Observatório da Televisão, Viny falou sobre a sua estada no reality rural da Rede Record e comentou também sobre a morte do apresentador Gugu Liberato, sua maior inspiração.


– Vinicius, como foi a experiencia de viver dentro de “A Fazenda”?

Foi incrível e transformado. É uma experiência de autoconhecimento muito grande. A gente faz uma grande análise sobre o que realmente importa em nossas vidas aqui fora (na vida real). A gente vive com medo de ir pra roça, de sair e perder, a gente vive sobre grande pressões. Pelo menos no meu caso eu tirei um grande aprendizado nesses quase 80 dias.

– Todos os ex participantes do “Programa Pânico” que entraram em “A Fazenda” bateram na trave, você acha que humorista não tem sorte no jogo? 

Eu não posso me comparar à ninguém, né. Até por que em cada caso um participante tem uma personalidade. Cada ser é único, e fora isso a gente entra em cada temporada com outros participantes diferentes, né. Não dá pra saber quem conseguiria ganhar ou não. E eu não creio que atores de comédia ou humoristas não tenham sorte no jogo. Esse reality depende mais de quem agrada o jogo. Eu acho que o povo gosta mais de quem se faz de vítima, faz drama e chora, sabe. Lá dentro eu nunca reclamei de nada, e não trouxe à tona o fato de eu já ter passado por dificuldades financeiras e já fui vendedor de picolé, sabe. Eu não quis me fazer de vítima e fui lá pra ser alegria e cuidar dos bichos.

– Houveram muitos comentários sobre a sua estratégia de usar um personagem e não mostrar quem você é. Esta fora a tua estratégia, mesmo?

Então, na verdade, eu fiquei muito revoltado na roça que recebi “14 votos”, sabe. Eu mostrei que fico bravo, choro e fico revoltado também. Eu sinto saudades do Lyon e do Chiquinho, por exemplo. Eu falava muito de jogo, estratégias de votação, sabe. Quem acreditava que eu fui um personagem não assistiu ao jogo direito.

– Quem você mais gostou de conhecer no reality show e quem você preferiria nem ter conhecido?

Olha, não vou ser político mas eu gostei de conhecer todas as pessoas. Até por que os que eu não queria conviver me ensinaram muito. A gente não aprende só com o amor, mas muitas vezes na dor. Claro que amei o meu grupo, o grupo Sol, né. Mas amigos de verdade eu acredito que serão os integrantes do Grupo Sol. Eu avisei antes de ser eliminado que não levaria magoas de ninguém.

– Como foi pra você receber a notícia de falecimento do apresentador Gugu Liberato? Há quanto tempo você o imita como Gluglu?

Olha, receber essa notícia foi bem pesado. Até agora não caiu a ficha. Eu ainda não vi fotos e nem vídeos. Eu não assisti videos nem fotos de velório. Eu tenho a imagem dele alegre e como apresentador ainda. A Record foi super profissional, uma psicologa quem me deu a notícia e me preparou muito bem antes de receber as notícias daqui de fora. Quando eu lembro eu ainda sinto que o Gugu é um cara que eu devo muito, sabe. Ele sempre me tratou muito bem e foi graças a minha interpretação do Gugu que eu sou quem eu sou hoje. E olha, por enquanto, eu não quero mais fazer o Glugu. O Glugu está de luto por enquanto. 

– Quem é que você gostaria de ver ganhando o jogo e quem é que você acha que vai ganhar?

Olha, eu sai de lá de bem com todo mundo. Até mesmo com a Hariany, que era mais distante de mim. Eu gosto do Lucas (sempre deu bons conselhos), do Diego, Rodrigo… com a Sabrina eu me decepcionei um pouco ao ver alguns comentários mas eu já a perdoei. Eu não vou torcer por ninguém, eu vou torcer é pro Mion continuar apresentando “A Fazenda” porque o programa tá é muito bom com ele.

Colaborou Paulo Henrique Lima

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais