Publicidade

Melhor Atriz pela APCA, Débora Bloch alerta: “Ainda falta mulheres ocuparem muitos lugares”

Atriz já se prepara para a nova temporada de Segunda Chamada

Débora Bloch é vencedora na categoria Melhor Atriz no Prêmio APCA (Foto: Agnews)
Publicidade

Na noite desta segunda-feira (17) aconteceu no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, a entrega dos troféus APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). O evento reuniu um numeroso elenco de profissionais dos mais diversos setores da arte. Entre os célebres presentes, esteve Débora Bloch. A atriz foi contemplada com o troféu de Melhor Atriz por seu desempenho com a personagem Lúcia na série Segunda Chamada, da TV Globo. Em entrevista ao repórter Cadu Safner, a atriz falou sobre a importância em receber um troféu que abrange tantas categorias, mulheres na indústria audiovisual e a nova temporada da série.

Estou muito feliz e honrada, o APCA é um premio importante, respeitado, dado por pessoas que entendem do que estão falando e votando. São preparadas e muito respeitada, é uma honra“, agradeceu ela. Débora ressalta para Segunda Chamada, produção que abriu portas para debates sobre a Educação no Brasil. “Um assunto super importante para qualquer país, especialmente em um país onde os professores estão desprestigiados, desrespeitados e desvalorizados. Eu acho que o professor é a profissão mais importante, a educação publica é a coisa mais importante numa sociedade pra gente ter uma sociedade mais justa, menos desigual e com mais ética“, alerta a veterana, intérprete da professora de ensino médio noturno de uma escola pública, que luta para ajudar alunos com todas as problemáticas do sistema.

Mulheres indústria audiovisual

A série tem uma diretora, duas autoras e algumas muitas atrizes. Eu acho que a gente esta caminhando, mas falta ocuparmos muitos espaços. Ainda não é igual o numero de mulheres e de homens nos vários setores

Continua depois da publicidade

Segunda Chamada é uma coprodução da Globo com a O2 Filmes, escrita por Carla Faour e Julia Spadaccini com Maíra Motta, Giovana Moraes e Victor Atherino, criada por Carla Faour, Julia Spadaccini e Jo Bilac. Com direção artística de Joana Jabace, a obra conta com a direção de Breno Moreira, João Gomez e Ricardo Spencer. A nova temporada está em fase de produção e deverá estrear no próximo semestre.

Confira a entrevista completa:

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade