Aguinaldo Silva saiu da Globo; quem perde com isso?

Publicado há 10 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mal começou 2020 e surgiu a notícia de que o escritor Aguinaldo Silva deixou de ser contratado da Globo com exclusividade, após quatro décadas de vínculo. Cinco, se considerarmos os anos 1970, quando ele trabalhou como jornalista em O Globo. Com efeito, sua novela mais recente, O Sétimo Guardião, não foi das melhores coisas que ele já nos ofereceu. Além disso, o projeto muito antes de estrear já dava mostras de ser problemático e tumultuado, em meio a acusações de plágio. De minha parte, não gostei muito de algumas de suas novelas. Só que anteriormente Aguinaldo Silva deu diversas mostras de sua grande capacidade de contar histórias em capítulos capitalizando a maior audiência possível. Basta ver seu currículo. Só para ilustrar, Vale Tudo, Tieta, Pedra Sobre Pedra, Fera Ferida, Senhora do Destino e Fina Estampa, algumas das maiores audiências do gênero novela e da história da TV brasileira, foram escritas por ele, ao lado de parceiros como Gilberto Braga, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares. Sem falar em Roque Santeiro, integrante insofismável do cânone televisivo, criação de Dias Gomes desenvolvida habilmente por Aguinaldo, com todos os méritos. Por Império ele ganhou o Emmy. Evidentemente, a saída da Globo de autor dessa estatura choca algumas pessoas. Bem como não surpreende outras tantas, diante do retrospecto recente. Todavia, quem sabe a própria emissora perca mais com isso do que o novelista, que em outra emissora ou numa plataforma de streaming pode perfeitamente encontrar campo para seu trabalho de competência comprovada. Fora livros, textos para teatro, cursos, sua Casa de Artes inaugurada recentemente… E fora Portugal, país que divide com o Brasil a presença de Aguinaldo e onde há anos ele possui interesses. Vamos aguardar os próximos acontecimentos; mas que ninguém se surpreenda com grandes viradas na história desse criador de grandes viradas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais