Vitória de Thelma reafirma: BBB20 foi o mais surpreendente dos últimos anos

Surpresas e viradas marcaram a temporada

Publicado há 9 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando o BBB19 se revelou insosso e pouco atraente, com participantes mais preocupados em angariar seguidores do que competir, quem diria que o BBB20 apagaria esta má impressão? Ainda mais com a fórmula adotada, mesclando anônimos com personalidades que já colecionavam seguidores. Pois a mistura se mostrou vitoriosa, e a edição 2020 do BBB sai de cena como um dos melhores de todos os tempos.

A surpresa da final, com três competidoras com torcidas engajadas, mostrou isso. Afinal, este foi um dos poucos BBB’s  que a surpresa perdurou até o último minuto. Mais impressionante que isso foi o fato de que praticamente todos os favoritos que despontavam não ficaram até o fim. Marcela, Pyong, Felipe Prior e Babu Santana ocuparam o posto, mas foram eliminados antes do momento derradeiro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas, como disse o próprio apresentador Tiago Leifert, uma final de mulheres fazia muito sentido. Manu Gavassi, Rafa Kalimann e Thelma Assis se tornaram figuras que representam bem a trajetória da temporada. Isso porque o BBB20 se destacou ao levantar discussões relevantes, sendo a principal delas o machismo. Os meninos que participaram de um “diabólico” plano de testar a fidelidade das meninas comprometidas foram sendo eliminados um a um.

Para completar, as finalistas dificultaram o bolão. Thelma venceu, mas a vencedora não estava tão evidente ao público antes do anúncio. E essa surpresa foi positiva. É bom ver um desfecho do qual não se sabe o fim. E a vitória de Thelma é simbólica em vários sentidos. Um belo final.

Viradas

Esta temporada foi marcada por inúmeras viradas. Houve uma divisão natural na casa entre “mocinhos” e “vilões”, mas as coisas mudavam de lugar constantemente. A chegada de Daniel e Ivy, com informações privilegiadas da casa de vidro, mudou o rumo do jogo, em todos os sentidos. As informações avalizaram as atitudes do “time do bem”, mas o mesmo time acabou tropeçando no excesso de confiança. A movimentação era constante.

Sendo assim, a permanência de Manu, Rafa e Thelma também veio nesta esteira. Afinal, foram elas as jogadoras que conseguiram se manter numa trajetória linear, contornando bem todas as viradas do game.

E, no fim, o BBB20 se mostrou um grande acerto da Globo. A emissora acertou em cheio ao misturar convidados e inscritos, e acertou mais ainda ao reunir um time tão rico, que rendeu bem mais do que o esperado. Tudo isso deu um novo fôlego ao formato, contrariando as expectativas cultivadas a partir da péssima temporada anterior. Foi uma injeção de ânimo que deve garantir a sobrevivência do formato mais alguns anos.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio