TV ZYN: amarrado na TV aberta, SBT investe em conteúdo infantil na internet

Programação infantil murcha na TV aberta, mas cresce nas plataformas digitais

Publicado em 12/10/2021 19:54
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Emissora com forte apelo infantil, o SBT é um dos poucos canais abertos a manter uma programação voltada para os pequenos. No entanto, o Bom Dia & Cia, único infantil da grade, sobrevive de desenhos surrados e brincadeiras batidas. A atração de Silvia Abravanel, há anos, não sai do lugar.

No entanto, o canal de Silvio Santos não abandonou os pequenos espectadores. A emissora tem apostado na TV ZYN, um projeto multiplataforma que encontra ramificações nas redes sociais e no YouTube. A TV ZYN nasceu como um espaço para conteúdos de influenciadores mirins da programação do SBT, como as famosas estrelas das novelas da emissora. Mas, atualmente, o projeto tem ampliado tal escopo, oferecendo um conteúdo variado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em seu canal no YouTube, por exemplo, a TV ZYN revela bastidores das novelas, mas também aposta em programetes variados, com muita informação e diversão para o público mirim. Fashion Talk Show, Tá On e JornalZyn são alguns dos conteúdos disponibilizados no canal.

A “programação” da TV ZYN cresceu tanto que o canal, atualmente, exibe até mesmo uma websérie escrita por Iris Abravanel. A Fantástica Fábrica de Sonhos é uma ficção baseada na história do SBT, e faz parte das comemorações dos 40 anos do canal. Trata-se de uma série muito bem-feita, que até ganhou espaço no SBT, nas tardes de sábado.

Pobre TV aberta

Ou seja, o SBT ainda é uma emissora com bastante identificação junto ao público infantojuvenil, e passou a apostar em plataformas nas quais as crianças e pré-adolescentes já estão muito presentes. Isso é bom, já que amplia o espaço para talentos mirins. A emissora sempre teve como uma de suas vocações lançar novos talentos, que depois alçam voos maiores, e a TV ZYN tem se mostrado um ótimo laboratório neste sentido.

No entanto, é uma pena que o projeto mire apenas o digital. Embora muitas crianças já tenham trocado a TV pelo celular, é fato que ainda há uma fatia do público mirim que não tem acesso a estas plataformas. A esta parcela de público, a TV aberta segue como única opção. E, a este público, só resta o “cansado” Bom Dia & Cia.

Por outro lado, é fácil entender os motivos que levaram o SBT a investir num canal infantil na internet. Atualmente, a publicidade voltada ao público infantil na TV é bastante limitada e, por isso, a TV aberta já não investe mais em programas infantis. Já na internet, há uma maior possibilidade neste sentido. Tanto que a grande parceira da TV ZYN é a Mattel: Barbie e Polly Pocket estão presentes na programação.

No entanto, seria bem interessante se parte do conteúdo da TV ZYN ganhasse espaço na TV aberta, ampliando as opções para o público que só assiste o SBT tradicional. A Fantástica Fábrica de Sonhos já conquistou seu espaço no canal aberto. Por que, então, não transformar alguns destes conteúdos em quadros do Bom Dia & Cia, por exemplo?

É louvável perceber que o SBT não perdeu a mão junto ao público infantil e adaptou sua linguagem para atender os pequenos munidos de tablets e celulares. Mas a TV aberta também está carecendo de um conteúdo mais moderno.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio