Transformado em quadro do Encontro, Bem Estar perdeu o sentido

Publicado há 2 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde a semana passada, a Globo exibe o Encontro com Fátima Bernardes logo depois do Mais Você. A mudança foi uma estratégia para tentar estancar a perda de público entre um programa e outro, que acontecia quando o Bem Estar era exibido entre eles. Assim, o programa sobre saúde chegou ao fim. Ou quase. A atração, agora, é um quadro do Encontro, exibido diariamente. Foi uma mudança benéfica para a audiência, sem dúvidas, mas não faz muito sentido.

Afinal, agora, Fátima Bernardes inicia o seu programa recebendo seus convidados e anunciando os temas do dia. Em determinado momento, ela chama Michelle Loreto, em São Paulo, e a apresentadora toca o Bem Estar no Encontro. No “quadro”, ela recebe especialistas para tratar do assunto do dia. Michelle também interage com Fátima e com a plateia do Encontro. Em suma, é o mesmo Bem Estar de sempre, só que menor e com a colaboração de Fátima.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assim, Bem Estar agora parece um programa dentro do programa. E isso parece desnecessário. Isso porque Fátima Bernardes, dependendo do assunto de seu programa, já recebe especialistas para orientar a audiência. Deste modo, não seria mais fácil a própria Fátima receber um médico em seu palco e trabalhar a pauta ali mesmo? Nada contra Michelle Loreto, que é ótima, mas, da maneira que está, Bem Estar ficou meio perdido.

Programas virando quadros

Ao que tudo indica, transformar programas de baixa audiência em quadros está virando uma tendência na Globo. Isso aconteceu com o Vídeo Show. Desde que saiu do ar, o vespertino viu sua marca aparecendo nos programas de variedades da emissora com o selo Momento Vídeo Show. O quadro surge quando há matérias de bastidores e de lançamentos de programas do canal.

Mas o Momento Vídeo Show tem formato de matéria, que se encaixa mais harmonicamente nos matinais da Globo. Já pensou se a emissora tivesse apostado em Sophia Abrahão, de outro estúdio, chamando as matérias no meio do Mais Você? Não teria propósito, não é mesmo?

Pois foi isso o que aconteceu com o Bem Estar. Ao menos, o quadro foi desvinculado do jornalismo e está faturando com merchandising. Ou seja, comercialmente falando, Bem Estar no Encontro faz sentido. Mas, para quem assiste, soa, no mínimo, bem esquisito.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio