Tamanho Família mostra que o bom entretenimento pode ser simples

Publicado há 2 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entrando em seu quarto ano na programação da Globo, o game show Tamanho Família já está consolidado na programação dominical da emissora. O programa de Márcio Garcia é uma colcha de retalhos de tudo o que já deu certo em termos de auditório na TV brasileira. Apesar disso, ainda funciona. Com isso, prova que um bom programa de entretenimento não precisa de grandes pirotecnias. O arroz com feijão bem temperado ainda é uma boa opção.

Na estreia da nova temporada, Ivete Sangalo e Zezé di Camargo levaram suas famílias ao palco para brincar. A mecânica do programa é a mesma. A exceção é que, agora, os participantes podem escolher quantos pontos apostarão em cada prova. Os jogos, também bastante simples, funcionam como pretexto para que os convidados conversem sobre assuntos comuns às suas famílias. Mais tarde, no desfecho, há a já conhecida homenagem aos convidados, que sempre os levam às lágrimas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ou seja, Tamanho Família mistura jogos, entrevistas e quadros de “emoção”. Ingredientes presentes na programação de domingo desde os quadros clássicos de Silvio Santos e seus seguidores. Em suma, é um programa clássico, mas com uma roupagem pretensamente moderna. E bastante adequada ao dia e horário em que é exibido.

Revezamento de programas

Tamanho Família faz parte de uma estratégia de programação da Globo que vem rendendo bons frutos. Ao reservar o início das tardes de domingo para programas de entretenimento de “temporadas”, a emissora consegue manter sua grade em constante renovação. Atualmente, The Voice Kids, Popstar e a Escolinha do Professor Raimundo se revezam com Tamanho Família no horário ao longo do ano.

Para um game despretensioso como Tamanho Família, este esquema de exibição é positivo. Afinal, trata-se de um formato que tende a se repetir ao longo da temporada. Um bom período de descanso a cada leva ajuda o programa a não se desgastar. Não por acaso, a atração já emplaca seu quarto ano e sua quinta temporada. E, ao que tudo indica, terá fôlego para uns anos mais.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio