SóTocaTop Verão tenta dar sobrevida a um formato desgastado

Publicado há 10 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

SóTocaTop, a versão tradicional do programa de sábado da Globo, atravessou 2019 tentando driblar a mesmice. Porém, chegou ao fim do ano já tendo visto e revisto todas as músicas e cantores possíveis. Assim, a estreia do SóTocaTop Verão neste sábado (04) tenta injetar algum gás no formato já batido. Na nova versão, saem os rankings e entram os “feats” num cenário ao ar livre.

SóTocaTop Verão resgata uma tradição que andava em desuso na TV aberta brasileira: o programa gravado na praia. Num passado não muito distante, era comum produções de programas de auditório transferirem suas arenas para a areia, com muitos artistas de biquíni, todo início de ano. A antiga MTV Brasil era adepta da fórmula, e criou programas antológicos, como o Luau MTV. Mas até mesmo a Globo já usou do expediente, em antigos programas de Xuxa e no Caldeirão do Huck.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No contexto do SóTocaTop, até faz sentido o resgate da fórmula. Isso porque o próprio programa já é um resgate dos antigos programas musicais, que andavam em baixa na TV aberta. O formato, baseado numa espécie de “desfile” de cantores, já fora usado em programas como Planeta Xuxa ou Sabadão. O fato de a atração elencar rankings das mais tocadas também remete ao antigo Globo de Ouro.

Para diferenciar a versão de verão da tradicional, o SóTocaTop agora aposta em artistas variados se apresentando juntos. Os novos apresentadores, Ludmilla e Mumuzinho, recebem seus convidados e todos conversam entre si. Além de cantarem suas canções, os artistas também fazem parcerias musicais no palco. Com isso, SóTocaTop Verão conseguiu imprimir uma cara diferente da versão anterior, o que já é algo válido.

Tentativa de renovação

Para quem gosta de musicais, SóTocaTop Verão é um prato cheio. O programa reúne artistas populares e os coloca em momentos descontraídos, o que funciona num sábado à tarde. Na verdade, o formato de verão consegue ser melhor que o original, já que há uma maior liberdade de criação. O fato de o SóTocaTop original ser todo baseado em rankings o deixava engessado e previsível.

Assim, a conclusão que se chega é que o SóTocaTop deveria ser um formato de verão. Ele funciona bem melhor neste período de férias. Ao atravessar o ano, a atração se tornou extremamente cansativa. Sendo assim, a direção da Globo faria mais negócio se colocasse o formato para descansar em abril, retornando com ele numa próxima oportunidade. Ou num próximo verão.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais