Sem novidades, SBT apela para volta do Fofocalizando e séries antigas

Emissora tem dificuldades em lançar novidades de fato

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda travado por conta das dificuldades impostas pela pandemia, o SBT resolveu trazer algumas novidades em sua programação. Porém, são “novidades” ao seu modo: a emissora retornou com o Fofocalizando, ao mesmo tempo em que exibe, para algumas praças, as séries “vintage” Lassie e As Aventuras de Rin-Tin-Tin.

Fofocalizando, depois de ensaiar uma volta diversas vezes, retornou nesta segunda-feira (8). O vespertino sobre a vida alheia havia sido substituído pelo Triturando, no ano passado, que antes era um quadro do programa. Com a mudança de título (e de propósito), a atração também teve o elenco alterado: saíram Lívia Andrade, Mara Maravilha, Leão Lobo e Mamma Bruschetta, e entraram Ana Paula Renault, Flor e Gabriel Cartolano.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com Chris Flores como âncora, o Triturando nunca justificou sua presença na grade. Com a proposta de fazer o elenco “triturar” ou não um assunto, uma notícia, ou até uma música, o debate vespertino se tornou um festival de bobagens. Tanto que o canal chegou a anunciar a volta do Fofocalizando e de Lívia Andrade, o que não aconteceu.

Desta vez, Fofocalizando voltou mesmo. Mas com o mesmo elenco da atração anterior. Chris Flores continua comandando o time e trazendo as notícias, que são comentadas pelos demais nomes do elenco. As notas, claro, seguem requentadas da internet, e bastante dependentes da “concorrência”. O BBB 21 foi um dos principais assuntos da reestreia.

Ou seja, na prática, foi apenas uma mudança de nome. Trocar programas de horário, resgatar títulos e requentar assuntos têm sido uma prática recorrente no SBT. Não por acaso, a emissora tem perdido cada vez mais fôlego.

Cheirando a mofo

Como “sala de espera” ao Fofocalizando, o SBT vem fazendo uma aposta, no mínimo, duvidosa. A emissora escalou as séries “clássicas” Lassie e As Aventuras de Rin-Tin-Tin, que são exibidas antes do programa de fofocas em algumas praças (a faixa é local). As duas produções substituíram as comédias infantis da Nickelodeon que o canal costumava exibir.

Nada contra as séries antigas, que têm seus fãs saudosos. No entanto, séries como Sam & Cat ou The Thundermans, que já foram a atração da faixa, têm um apelo muito maior junto ao público de hoje. Sempre funcionaram no horário, com boa audiência. Substituir por produções antigas restringe o público.

No fundo, o SBT segue fazendo o que sempre fez: “chutando” uma programação. Enquanto os demais canais abertos têm feito esforços no sentido de oferecer alguma novidade ao seu público, o canal de Silvio Santos segue com práticas antiquadas que só reforçam a imagem de que o SBT parou no tempo.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio