Sem Disney no SBT, crianças perderão mais uma opção na TV aberta

Publicado há 2 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Faltando uma semana para o fim do contrato entre Disney e o SBT, ainda não há uma definição sobre a continuidade do Mundo Disney na emissora de Silvio Santos. Muitos acreditam que o acordo não será renovado. Mas o SBT ainda não se pronunciou oficialmente, ou seja, tudo pode mudar nas próximas horas. O fato é que, caso o Mundo Disney saia do ar, o público infantil ficará ainda mais “órfão” na TV aberta.

Única emissora a manter uma grade infantil regular, o SBT mantém seus clássicos Bom Dia e Cia e Sábado Animado. Porém, a faixa de programação da Disney oferecia uma cartela de opções interessantes para crianças de todas as idades. Nestes três anos de parceria, a Disney colocou no ar pelo SBT novos e bons desenhos animados. Há alguns programas de gosto duvidoso, é verdade, mas também foram exibidos boas produções. A faixa exibiu até produtos nacionais, como Que Talento! e Juacas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Saiba os nomes de alguns famosos que estarão na nova temporada do Lady Night

Sem Mundo Disney ocupando parte de suas manhãs, é bem pouco provável que o SBT “espiche” o Bom Dia e Cia. O infantil de Silvia Abravanel vai bem no horário em que é exibido, e não haveria porque mudar. Provavelmente, o SBT apostará numa grade com maior possibilidade de faturamento. Isso porque, sem a Disney na grade, haverá uma perda de receita. Ou seja, dá-lhe Primeiro Impacto manhã afora. E assim, o público infantil verá sua programação mais reduzida.

Programação infantil segue encolhendo nas TVs abertas

Globo, Record, Band e RedeTV! não possuem mais uma programação infantil regular. Já o SBT tem como política não abandonar este público. No entanto, não deve escapar de uma provável redução do espaço dedicado aos pequenos. Não por acaso, as crianças preferem celulares. Só streaming, TV pública e canais pagos as atendem hoje em dia. O que é uma pena.

Os canais tradicionais, com exceção do SBT com seus desenhos e novelas, não estão formando seus futuros espectadores. E isso é uma ameaça à sobrevivência da televisão como a conhecemos hoje. Esta conta ainda vai chegar para os canais abertos.

Leia também: Segmentado ao extremo, Superpoderosas não encontrou público na TV aberta

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio