SBT acerta ao retomar Show do Milhão na comemoração de seus 40 anos

Formato simples e irresistível garante o interesse do público no quiz show

Publicado em 4/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Retomar programas é uma das várias tradições do canal de Silvio Santos. Não há atração no SBT que tenha um final definitivo: qualquer produção histórica sempre corre o risco de voltar ao ar a qualquer momento. Sendo assim, nada mais oportuno do que ressuscitar um formato clássico no ano em que o canal comemora 40 anos de existência.

A pandemia tirou um pouco o brilho da efeméride, que foi celebrada apenas com a exibição de um documentário sobre a trajetória do dono da emissora produzido em 2015. Assim, a volta do Show do Milhão ganha um significado especial dentro deste contexto. É a retomada de um dos principais programas da história do canal, no momento em que o canal busca reverenciar sua própria história.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dentre os tantos formatos clássicos do SBT, o Show do Milhão se mostra o mais adequado para um retorno em tempos de pandemia. Com uma produção relativamente simples, que envolve poucas pessoas em estúdio, a atração garante a diversão apenas com um mestre de cerimônias e um participante disposto a responder perguntas de conhecimentos gerais para tentar ganhar um milhão de reais.

Já que Silvio Santos não pôde reassumir o posto, Celso Portiolli surge como a escolha natural para este retorno. Exímio comandante de games, o apresentador está à vontade, mesmo num formato um tanto mais quadrado que seu Passa ou Repassa, que lhe permite performar de uma maneira mais expansiva. Do alto de sua experiência, Celso se adequou muito bem ao formato.

E as regras simples e diretas do Show do Milhão garantem o interesse do público. Como não há grandes pirotecnias, apenas um concorrente respondendo perguntas, o programa conversa com toda a heterogênea audiência. A cenografia sóbria, a trilha de suspense e as pausas certeiras do comandante garantem a tensão do espetáculo.

Por fim, o público é levado a testar seus próprios conhecimentos. O Show do Milhão, então, envolve a audiência de maneira efetiva e irresistível. O programa joga não somente com o concorrente, mas também com o público, que é provocado a todo o momento, embarcando na tensão e no sonho de conquistar um bom prêmio em dinheiro.

Claro, os tempos são outros. Um Show do Milhão sem Silvio Santos e exibido tarde da noite às sextas-feiras dificilmente repetirá o frisson de sua fase áurea, quando suas temporadas de 22 dias incomodavam a Globo e transformavam o quiz show num fenômeno entre 1999 e 2000. Entre 2001 e 2002, o programa foi efetivado às quartas, quintas e domingos, derrubando vários programas da linha de shows da Globo.

Ou seja, é um programa histórico, divertido e que tem a cara do SBT. São as qualidades que o tornam uma boa escolha para o aniversário da emissora. Show do Milhão relembra um tempo de grandes conquistas e de muita relevância do canal.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio