Ricardo Pereira mostra em Deus Salve o Rei que é um ator visceral 

Publicado há 2 anos
Por André Romano
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O escritor William Faulkner tem uma citação que gosto muito, e tem a ver com o personagem dessa resenha, o ator português Ricardo Pereira. “Para ser grande é preciso ter 99 por cento de talento, 99 por cento de disciplina e 99 por cento de trabalho”. Ricardo é um dos artistas mais versáteis que temos no nosso cast brasileiro.

Ele é intenso, se entrega de corpo e alma ao seus projetos, e não se contenta com pouco. A perfeição não existe, mas ele chega bem próximo dela. Isso fica nítido no vídeo. Em seus últimos trabalhos na TV Globo, é notável perceber um ator visceral e extremamente dedicado. Além de ser um artista com um arcabouço cultural vasto. E essa profissão necessita disso: estudo, estudo e mais estudo. Mesmo não sendo brasileiro, é o ator português mais querido do país.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Patrícia Leitte faz lipo na papada e comemora resultado: “Virei referência”

Não só do telespectador, mas da imprensa nacional. Ricardo fala com a imprensa como se fôssemos parte de sua família. Sabe olho no olho? Ele é assim, é de verdade. Por isso merece todo o reconhecimento do Brasil e do mundo. Seu personagem em Deus Salve o Rei, o vilão Virgílio, caiu no gosto popular. Quando foi divulgada a notícia de que ele iria morrer antes do previsto, o público reagiu, e sua trajetória foi mantida no folhetim.

Vilão em Deus Salve o Rei

Virgílio é o típico antagonista que adoramos odiar. Mérito do texto preciso de Daniel Adjafre, e da entrega extrema de Pereira. Tudo na construção do personagem é minimalista. Até seus acessórios dão um clima sombrio ao produto final. Vale ressaltar também a troca de Ricardo com Marina Ruy Barbosa. A química dos dois é algo latente. E isso transborda no vídeo. Ricardo é hoje, sem dúvida nenhuma, um dos melhores atores dessa geração. E é tão bacana falar de um artista que nasceu para entregar o seu ‘tudo’ ao telespectador. E, Ricardo Pereira é esse cara.

Com o fim de Deus Salve o Rei, ficaremos órfãos do talento de Ricardo na TV. Mas não por muito tempo. Pereira é movido a desafios, e, eu creio que em breve ele embarcará em mais uma aventura, que deixará o público brasileiro encantado por seu talento. Ricardo é o português mais brasileiro do Brasil. Ricardo, volta logo. Você faz falta!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio