Reprise de Chiquititas é decisão controversa do SBT

A novela é longa e recente demais para uma reapresentação emergencial

Publicado há um mês
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT confirmou que reapresentará Chiquititas em breve. A adaptação de Iris Abravanel da trama argentina, exibida pela emissora entre 2013 e 2015, deve substituir As Aventuras de Poliana, que encerrará sua primeira temporada. Como se sabe, Poliana Moça, a segunda fase da trama infantil, teve as gravações suspensas por conta da pandemia e foi adiada. Assim, a saga das meninas do Orfanato Raio de Luz voltará à tela da emissora de Silvio Santos.

Trata-se de uma decisão controversa, mas que é a cara do SBT. Afinal, a novela, em sua primeira exibição, saiu do ar em agosto de 2015. Ou seja, há cinco anos. Porém, ela ganhou uma reapresentação um ano depois, ficando no ar até o início do ano passado. Assim, Chiquititas, que já é uma novela bem longa, terá sua terceira exibição num espaço de tempo bastante curto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, Chiquititas já teve outra versão, em 1997. Apesar das mudanças promovidas por Iris Abravanel, que deixaram a segunda versão mais harmônica, no geral as duas tramas contam basicamente a mesma história. Ou seja, é uma produção já vista a revista no SBT. Claro, a primeira versão tem mais de 20 anos, e, como se trata de uma produção infantil, o público se renova. No entanto, ao apostar sempre na mesma história, o SBT reafirma a sua vocação de andar em círculos, em torno de sua própria história. E isso não é saudável.

Novela longa

Outro problema da decisão é que Chiquititas é bastante longa. Originalmente, teve 545 capítulos, exibidos ao longo de dois anos. Ao optar por Chiquititas, a emissora demonstra que pretende usar da possibilidade de encurtar ou alongar a trama de acordo com as suas necessidades. Com isso, deixa em aberto a real duração desta nova reprise. A princípio, a ideia é ganhar tempo até retomar as gravações de Poliana Moça. Mas e se Chiquititas responder muito bem na audiência? A emissora não ficará tentada a manter a reprise e adiar Poliana indefinidamente?

O contrário também pode acontecer, ou seja, Chiquititas pode ganhar uma versão compacta. E isso significaria retalhar toda a novela, o que desrespeitaria o público da reprise. Assim, sob qualquer ponto de vista, este retorno precoce não parece a melhor das ideias.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais