Profissional e estudiosa, Marina Ruy Barbosa é uma atriz vocacionada

Publicado em 29/04/2019

No sábado (27) foi ao ar uma das cenas mais emblemáticas de O Sétimo Guardião, o momento em que Luz (Marina Ruy Barbosa), protagonista da história de Aguinaldo Silva, descobria a sua verdadeira origem.  Afinal, a menina órfã dos últimos 100 capítulos era, na verdade, filha de Ondina (Ana Beatriz Nogueira), dona do cabaré da cidade. Em uma cena forte, e, intensa, Marina Ruy Barbosa, mostrou a atriz que é.

Atriz essa, que não foge à luta, é estudiosa, não liga para o que o outro pensa, ela faz o seu melhor e isso fica nítido em suas cenas. Essa em especial, a jovem estava inspirada. A sua troca com Ana Beatriz Nogueira foi algo de ser aplaudido de pé. Sem dúvida nenhuma, essa cena entrará para os anais da TV brasileira. 

Uma menina de luz 

Marina é diferente de todas essas atrizes dessa geração, pois a jovem nasceu para esse ofício. Marina é uma atriz vocacionada. Mesmo com esse destino já traçado, ela é extremamente profissional e estudiosa. Com apenas 23 anos, já viveu muito mais que a idade que está assinada na sua certidão de nascimento, porque é intensa. Vive o agora, com intensidade e amor ao público, que cresceu assistindo aquela menininha ruiva, mas que com o olhar que já dizia: ‘eu quero, eu posso, eu consigo’. E ela conseguiu. E esse olhar permanece até hoje em seu ser.

Mesmo com muita gente torcendo contra, a jovem entrega a sua Luz com dignidade, já que, profissional, Marina mostrou ser. Ela é uma menina de berço. Mas não em questão de dinheiro, ou afins, mas de amor. Os seus pais são pessoas que sempre apoiaram a filha em sua decisões. E, que bom, que eles acreditaram no talento dessa menina, que se tornou a namoradinha do Brasil, e, em breve, do mundo. 

Para terminar essa resenha, gostaria de deixar aqui registrado um ensinamento de Maya Angelou, que diz muito de Marina Ruy Barbosa: “Tente ser um arco-íris na nuvem de alguém”. E, Marina foi… ultrapassou todos os problemas e iluminou as nuvens carregadas com o seu talento, sendo o arco-íris na vida de muita gente que nasceu para ser uma nuvem cinza.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.