Novos personagens tornam Novo Mundo ainda melhor

Publicado há 3 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Frequentemente, vira noticia o fato de alguma novela ter muitos atores escalados, sendo que boa parte não tem destaque na trama.

Em Salve Jorge, por exemplo, era comum alguns profissionais ficarem meses fora do vídeo. Eva Todor, por exemplo, apareceu no início e retornou para uma cena nos momentos finais – infelizmente -.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Novo Mundo, ocorre o contrário. Frequentemente novos papéis surgem na produção e a obra, já redonda e cheia de qualidades, consegue ficar ainda melhor.

Foi assim com a bocuda Narcisa, de Marcia Cabrita. Depois, com Hugo, vivido por César Cardadeiro, que conseguiu acrescentar no núcleo mais elogiado do enredo, o de Vivianne Pasmanter, Ingrid Guimarães e Guilherme Piva. Ou seja, um feito e tanto.

Agora, é a vez de Julia Lemmertz como a desprezível Greta, que chegou para tirar o sossego de Diara (Sheron Menezzes). O desempenho da veterana como a austríaca é impecável.

Como se não bastasse, ainda tem personagens que faziam falta e voltaram a aparecer, como o Fred Sem Alma, muito bem representado por Leopoldo Pacheco.

Tantos talentos bem aproveitados fazem com que Novo Mundo seja cada vez mais imperdível, e o fato da atração estar entrando na reta final já começa a dar “peninha”.

Marcia Cabrita chega para somar no bem-sucedido núcleo de humor de Novo Mundo

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio