Novela premiada com o Emmy, Ouro Verde passa quase despercebida no Brasil

Publicado há 9 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar no Brasil pela Band desde 15 de julho, portanto, há cinco meses, a novela portuguesa Ouro Verde não repete aqui o êxito de sua terra natal. Só para ilustrar, a produção da Plural Entertainment exibida em Portugal pela TVI foi líder de audiência em 2017 e venceu o Emmy Internacional de 2018 na categoria “Melhor Novela”. Depois de uma sucessão de novelas turcas, a Band apostou numa história que se traz em seu elenco atores brasileiros. Só para exemplificar, Zezé Motta, Úrsula Corona e Gracindo Júnior são alguns. Todavia, o público não embarcou na história, que se divide entre Portugal e Brasil e gira em torno dos dois pontos de audiência, daí para menos, em média. Mais ou menos o mesmo que as turcas. Pode ser que um dos motivos para isso seja a dublagem, que “traduziu” até o dito por brasileiros nativos em cenas passadas aqui. Mas o vilão Miguel (Luís Esparteiro) é odioso e o casal formado por Zé Maria/Jorge (Diogo Morgado) e Bia (Joana de Verona) é muito bom. Aliás, Joana está no Brasil como a Adelaide de Éramos Seis, na Globo. Merece ser vista nos dois horários, com duas personagens bem distintas. Se eu apitasse na programação da Band, não interferiria demais na edição dos capítulos e desde já pensaria numa reprise da novela num futuro bem próximo, noutro horário. Vale o investimento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais