No remake de Os Trapalhões, Mumuzinho mostra que nasceu para brilhar

Publicado há 4 anos
Por André Romano
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No próximo dia 17 de julho, estreia no canal Viva, o remake de Os Trapalhões, um dos humorísticos mais bem sucedidos de todos os tempos, que completa em 2017, 40 anos de sua existência. Com piadas atuais e com aquele humor circense, marca de Renato Aragão e Dedé Santana, o programa trás quatro novos integrantes para dar um frescor a atração. São eles: Didico (Lucas Veloso), Dedeco (Bruno Gissoni), Mussa (Mumuzinho) e Zaca (Gui Santana). Quem pensa que os veteranos estão fora da atração se engana, Renato e Dedé são uma espécie de ‘escada’ para essa nova geração, que tem tudo para emocionar os fãs mais saudosos do quarteto, que marcou uma geração, época essa, que tudo podia, sem o terrível politicamente correto dos dias atuais, que nada pode e nos tem deixado refém de opiniões rasas. O mundo está ficando chato e ninguém percebe. Enfim…

Os Trapalhões é uma espécie de programa que agrada a gregos e troianos e especialmente a família brasileira, que se identifica com as dificuldades, alegrias e frustrações vividas por seus personagens inesquecíveis, que sempre é muito próximo de nossa realidade. Creio que essa homenagem que o canal Viva e a TV Globo estão fazendo para Os Trapalhões irá cair no gosto popular. É sempre bom assistir Renato Aragão e Dedé Santana mostrarem o que sabem fazer de melhor: que é divertir o público com esse humor maroto, em falta atualmente no mercado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Reprise de Sai de Baixo “salva” as tardes de sábado da TV aberta

Durante a coletiva da atração, assisti alguns trechos de esquetes que serão exibidos a partir da próxima semana no Viva e uma coisa eu posso garantir: Mumuzinho é a personificação de Antônio Carlos Bernardes Gomes, que ficou conhecido do grande público como Mussum. O músico encarnou o personagem com dignidade e respeito, e o resultado final é surpreendente. Nada de caricato! É de emocionar. Juro que eu chorei quando eu vi o cantor-ator falando como o personagem em questão. É nítido que o Mussum real está ali. Nada de caricatura. Mumuzinho construiu o personagem com maestria; e seu Mussa está perfeito. Tudo que é feito com amor e verdade, fica nítido perceber no ar. E essa atuação desse rapaz que começou a carreira subindo de degrau em degrau, mostra que ele fez a escolha certa ao se dedicar ao entretenimento – a arte em geral, que é simplesmente emocionar o próximo.

Tenho certeza que nesse momento Regina Casé está morrendo de orgulho desse filho do coração. Falando nisso, Regina, gratidão é somente para pessoas nobres, e, esse menino é de ouro, ou melhor, de diamante. Sempre menciona você e o quanto você é importante em sua trajetória. Creio que o céu é o limite para esse menino que nasceu em uma família muito pobre, mas com dignidade e com perseverança venceu na vida e nos enche de orgulho. Deus sempre escolhe a estrela que deve brilhar e tenho certeza que ele passou no seu berço desse rapaz umas três vezes. Parabéns, Mumuzinho!

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio