Mesmo em missão cansativa, Aurora de A Força do Querer se destaca positivamente

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dias atrás, foi dito aqui que A Força do Querer, mesmo com tantas qualidades, tem se tornado cansativa com cenas repetitivas.

Dentre elas, as incontáveis ocasiões em que Aurora (Elizangela) tentou colocar algum juízo na cabeça de Bibi (Juliana Paes), sem sucesso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Porém, apesar disso, Elizangela mais uma vez se destaca em um folhetim, e justamente depois de uma breve passagem pela Record, em A Terra Prometida, o que faz com que um questionamento surja: por qual motivo uma atriz com esse potencial não tem um contrato fixo?

Na semana passada, no Persona em Foco, Débora Duarte lamentou estar desempregada há dois anos. Ou seja, outra profissional renomada e com décadas de serviços prestados à Globo. Enfim, lógica difícil de entender.

Mas o que vem ao caso, é que em A Força do Querer Aurora surge como uma psicóloga de Bibi, que se tornou a principal protagonista da trama. O trabalho é em vão, mas a atuação de Elizangela está fazendo história.

Aurora poderia ser somente mais uma mãe de protagonista, sem muita função. Contudo, o talento e carisma da atriz contribuíram para que cada vez mais ganhasse sequências e se tornasse um dos pilares do enredo de Gloria Perez.

Juliana é a protagonista, mas Elizangela não fica muito atrás!

A Força do Querer: Rubinho é preso novamente

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio