Maria Cândida dá a volta por cima e é acerto do É de Casa

Publicado há um ano
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se teve algum programa da Globo que evoluiu em 2019, este programa é o É de Casa. Desde que deixou de lado o estilo “manual de instruções” e passou a apostar em jornalismo e variedades, o matinal ficou bem mais atrativo. Neste contexto, a presença de Maria Cândida se mostrou um dos principais acertos. A apresentadora, que voltou a atacar de repórter, faz um quadro divertido e com ótimas sacadas.

À frente do Sábado Curioso, Maria Cândida explora a cidade de São Paulo. A cada semana, a repórter visita uma região específica, entrevistando cidadãos e mostrando curiosidades da vida cultural da cidade. Os assuntos já são interessantes por si só, mas são valorizados com a edição esperta. Clipada, a edição mescla memes, cenas de novelas, piadinhas e hashtags que divertem quem assiste.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, o quadro valoriza o lado repórter de Maria Cândida. A profissional, que já esteve à frente de diversos programas, é bem melhor nas ruas do que no estúdio. E o É de Casa mostra isso. Maria é simpática, divertida e, com seu jeito “gente como a gente”, arranca ótimas histórias dos personagens que entrevista. Aliás, seu desempenho é melhor do que o de muito apresentador ali. Foi uma excelente aquisição.

Trajetória

Maria Cândida tem veia de repórter. Ela estreou na TV justamente nas reportagens, inicialmente numa afiliada da Globo. Depois, teve passagens pelo Jornal da Record, Jornal Hoje, Globo Rural e SBT Repórter. Mais adiante, se destacou com reportagens sobre cinema, em programas como Domingo Legal, no SBT, e Tudo a Ver, na Record. Foi no vespertino de Paulo Henrique Amorim que Maria ganhou status de apresentadora, alçando novos postos na Record TV.

Na emissora, esteve à frente do Guinness – O Mundo dos Recordes, Programa da Tarde e 12 Mulheres. Depois de voltar à reportagem no Programa Amaury Jr, Maria acumulou a apresentação de programas de variedades em emissoras como Rede Família e Record News. Antes do quadro do É de Casa, Maria esteve à frente do matinal Manhã Leve, da TV Aparecida.

Assim, o quadro Sábado Curioso, do É de Casa, é também uma oportunidade de reinvenção de Maria Cândida na TV. Ali, ela mescla seu traquejo de apresentadora e repórter, o que dá um resultado muito bom à atração. Foi um retorno muito bem-vindo.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais