Marcos Mion mantém o pique no Caldeirão e tirá-lo dali será um grande erro

O apresentador comanda um programa redondo e merece ficar onde está

Publicado em 25/09/2021 17:19
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prestes a completar um mês no comando do Caldeirão, Marcos Mion já tomou o programa para si. À vontade no palco que herdou de Luciano Huck, Mion apresenta um programa redondo, divertido e com a cara dele. Por isso, a Globo errará feio se tirá-lo dali.

Quando anunciou que Marcos Mion assumiria o programa do sábado, a Globo avisou que o apresentador ficaria ali até dezembro. Com compromissos já engatilhados no Multishow, Mion, a princípio, migrará para o canal pago do grupo, onde deve comandar um reality show e um programa de variedades. Enquanto isso, o nome de Ivete Sangalo surgiu como o mais cotado para os sábados da Globo em 2022.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entretanto, o canal erraria feio se mantivesse esse plano inicial. Nada contra Ivete Sangalo, que está bem no The Masked Singer Brasil. Mas o que a Globo conquistou com Marcos Mion no Caldeirão é algo raro. Poucas vezes se viu um novo apresentador assumir uma atração tradicional de uma maneira tão harmônica, suave e certeira.

Normalmente, nenhum programa de variedades estreia pronto. Depois que entra no ar, um programa novo é submetido à avaliação pública e, a partir daí, surgem ajustes naturais. O Caldeirão do Huck, há 21 anos, passou por várias mudanças até entrar nos trilhos e se consolidar como líder de audiência em seu horário de exibição.

Neste contexto, Caldeirão com Mion é uma exceção à regra. O programa ainda está em sua quarta semana, e já se mostra maduro. Caldeirão tem ritmo, com quadros redondos, convidados à vontade e um apresentador que parece estar ali há anos.

Sendo assim, seria um grande desperdício abrir mão de Mion no auge de sua carreira como animador popular para escondê-lo na grade irregular do Multishow. O apresentador merece ficar onde está, e ter a oportunidade de evoluir ainda mais com o Caldeirão. O programa é um dos grandes acertos da Globo em 2021, e encerrar isso de supetão pode custar caro à emissora.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio